Reforma Política. CCJ derruba voto em lista fechada e ‘distritão’

Após mais de duas horas de debates, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) rejeitou tanto a proposta apresentada pela Comissão de Reforma Política que prevê a adoção do sistema de votação proporcional com lista fechada (PEC 43/2011) quanto o substitutivo do relator, Romero Jucá (PMDB-RR), propondo o sistema de voto majoritário conhecido como “distritão”.

Jucá já anunciou que buscará apoio para que seu substitutivo seja votado em Plenário. São necessárias as assinaturas de pelo menos nove senadores.

Os senadores também rejeitaram proposta que tramita em conjunto (PEC 23/11), do senador Eduardo Suplicy (PT-SP), estabelecendo a realização de prévias nos partidos, para escolha de candidatos para eleições proporcionais (deputados e vereadores) e eleições majoritárias (presidente da República, senadores e prefeitos).

 

Redação / Agência Senado

%d blogueiros gostam disto: