MP denuncia cunhado de Alckmin por fraude em merenda em SP

 

O Ministério Público entrou na Justiça na terça-feira com uma ação civil pública contra os envolvidos no suposto esquema de fraude na merenda escolar em Pindamonhangaba, a 140 km da capital paulista, cidade natal do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Foram denunciadas 19 pessoas, incluindo o prefeito João Antônio Salgado Ribeiro (PPS) e o cunhado de Alckmin, Paulo César Ribeiro. Na investigação, Paulo César era apontado como responsável por direcionar a contratação da empresa Verdurama, que fornecia merenda. A Verdurama, suspeita de ser pivô do esquema, também foi denunciada na ação. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.
A Verdurama ganhou, em 2006, uma concorrência de R$ 6,8 milhões para fornecimento de merenda. O caso era investigado desde 2007 pelo Ministério Público. Constam ainda na ação Lucas Ribeiro, sobrinho de Lu Alckmin, Marcelo dos Santos, ex-diretor de licitações, e Silvio Serrano, ex-secretário de Finanças. Outras duas investigações envolvendo a prefeitura de Pindamonhangaba estão em andamento no Ministério Público. Uma delas, criminal, também é sobre o caso da merenda escolar. Há ainda uma investigação que apura suposta fraude na contratação da Sisp, empresa de informática que tem contrato de R$ 774 mil com a prefeitura. Paulo César também aparece nesse segundo inquérito como suspeito de tráfico de influência para favorecer a empresa.

A sujeira na Merenda Escolar

via ninho da vespa

Depois de uma semana de férias deliciosas e de postagens “mais ou menos” em alguns minutinhos de escapadas, este blogueiro mau e sujo, que fala de gente boa e limpinha, voltou com tudo ao mundo digital, dedicando uns minutinhos a mais para saborear as notícias. Mas vamos ao que interessa: São Paulo é uma cidade com muita sujeira, o que tudo mundo já sabe. E a meleca chega inclusive na merenda.

O Ministério Público paulista investiga a formação de cartel entre empresas fornecedoras de merenda escolar para a prefeitura da cidade de São Paulo (gestão Gilberto Kassab – DEM/PSD). A enpresa Geraldo J. Coan teria grampeado os próprios telefones para monitorar seus funcionários todo o tempo, evitando que alguém furasse o esquema, para que não houvesse traição comercial. Nem o advogado da empresa estaria informado sobre os grampos… Hum. Eu não acredito!

Tudo ainda seria apenas uma suspeita e aparentemente haveria fraude em licitação para contratação de fornecimento de merenda e as empresas Coan e SP Alimentação podem ter combinado os preços antes de participarem da concorrência e dividido o lucro. Valor do contrato? Apenas 200 milhões. A última merendeira já é conhecida do brasileiro bem informado por já ter se envolvido em vários escândalos no país e em setembro de 2010 o seu dono, o empresário Eloízo Gomes Afonso Durães, chegou a ser preso.
Entre os anos de 2008 e 2010 as duas empresas teriam movimentado R$ 280.000.000 (duzentos e oitenta milhões de reais) em notas frias, em um esquema de lavagem de dinheiro e corrupção de políticos nos estados de São Paulo (gestão José Serra – PSDB), Minas Gerais (gestão Aécio Neves da Cunha – PSDB), Rio Grande do Sul, (gestão Yeda Rorato Crusius – PSDB) Alagoas (gestão Teotônio Brandão Vilela Filho – PSDB), Pernambuco (gestão Eduardo Henrique Accioly Campos – PSB) e Maranhão (gestão Jackson Kepler Lago – PDT), quase todos estados administrados por tucanos, pra variar.
EM PINDA TEM MERENDA COM DEFUNTO

E para quem pensou que o governador de São Paulo, senhor Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho (PSDB) sairia ileso, vai aqui uma novidade: parentes do dito cujo estão envolvidos em um escandalozinho básico lá na aprazível cidadezinha de Pindamonhangaba*, terra onde brotou fulano. Lá, além das maracutaias de praxe, a merenda estaria sendo transportada… Pasme! No mesmo carro que transportava defuntos.

A sobrinha do governador e vice prefeita do município, dona Myriam Alckmin Ramos Nogueira (PPS), é investigada por envolvimento em licitações fraudulentas que podem ter favorecido a empresa Verdurama, que coincidentemente seria de Lucas César Ribeiro, também sobrinho do governador e filho do lobista Paulo César Ribeiro (Paulão), a firma que teria levado merenda para as escolas no carro da funerária. Toma Zé!

*também conhecida como Pindaíba-Monhangaba por causa de alguns políticos

MP de SP investiga ‘negociata’ de merenda em SLZ

Por Fausto Macedo e Marcelo Godoy, de O Estado de S.Paulo:

São Paulo – Diálogos de funcionários do Grupo Geraldo J. Coan grampeados a mando de diretores da própria empresa mostram que as principais fornecedoras de merenda do País montaram um cartel para fraudar a licitação de R$ 200 milhões da Prefeitura de São Paulo. A suspeita é do Ministério Público, que analisa telefonemas interceptados por arapongas que teriam sido contratados pela Coan para monitorar seu quadro de funcionários.

As escutas clandestinas estavam arquivadas em CDs que foram confiscados na sede da J. Coan, em Tietê (SP), no dia 1.º de julho de 2010, durante batida realizada pela promotoria e pela polícia. Entre 12 de abril e 9 de maio de 2009, foram interceptadas 1.513 ligações.

Algumas gravações teriam sido feitas em 2006, pouco antes da renovação do contrato da merenda escolar com a Prefeitura. Nelas aparece então o diretor comercial da J. Coan, Bartolomeu Vasconcelos, o Vasco, conversando com uma funcionária, identificada como Sandra. Em um trecho captado pela máquina de grampos, o diretor afirma que no dia seguinte iria a São Paulo participar de um encontro.

“Essa reunião em São Paulo é pra tratar da renovação do contrato da merenda de São Paulo”, informa Vasco. Ele também comenta sobre problemas com o fornecimento de alimentação da empresa para um Centro de Detenção Provisória (CDP).

Em outra ligação, uma funcionária da SP Alimentação faz contato com a J. Coan em busca do diretor comercial da empresa. Como não o encontra, ela deixa recado: “É sobre uma reunião que nós estamos agendando para amanhã aqui na SP Alimentação, com todas as empresas, e seria muito importante que ele viesse às 10 horas. É as 10 horas, com o senhor Eloízo”.

Parceria

O Ministério Público está convencido de que o “senhor Eloízo” é o empresário Eloízo Durães, proprietário do Grupo SP, maior fornecedor de merenda escolar no País. Nas licitações, a Coan e a SP aparecem como rivais, oferecendo menor preço, mas os grampos indicam que elas atuam em parceria – supostamente para dividir o bolo.

Promotores examinam a amplitude das conversas e as revelações nelas contidas acerca de licitações em prefeituras de pelo menos cinco Estados – São Paulo, Minas, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Maranhão (São Luís). Foi aberto procedimento de investigação criminal pelo Grupo de Atuação Especial e Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) de Sorocaba (SP) para investigar crime de escuta clandestina e violação ao artigo 10 da Lei 9296.

Para a promotoria, a escuta que pegou Vasconcelos comprova a formação de cartel. O contrato da merenda terceirizada da Prefeitura de São Paulo foi fechado no valor de R$ 200 milhões – correspondentes a 52% do pacote total da merenda.

Conversas já analisadas pelos peritos dão base a relatório compartilhado entre cerca de 30 promotores da força-tarefa contra fraudes em quase todo o País. Eles se reuniram em São Paulo em junho para traçar estratégia conjunta contra o cartel. “Técnicos do Tribunal de Contas da União estão nos auxiliando nesse trabalho”, disse o promotor Fabrício José da Fonseca Pinto, de Ribeirão das Neves (MG).

A suspeita dos promotores é que a direção da Coan contratou arapongas para grampearem funcionários com receio de quebra de confidencialidade e traição comercial. Além dos grampos, cerca de 1 milhão de documentos foram apreendidos na Coan

Caso da Merenda Escolar. Juiz indefere indisponibilidade dos bens dos réus.

O juiz de direito da 1ª Vara Civel da Comarca de Jales, indeferiu o pedido do Ministério Público Estadual que pediu que fosse declarado a indisponibibilidade dos réus CLAUDIA PRIULI, DAGOBERTO CARDILI, EDSON JOSE CARDILI, ELIDA MARIA BARISON DA SILVA , EMPRESA GENTE GERENCIAMENTO EM NUTRIÇÃO COM TECNOLOGIA LTDA, HUMBERTO PARINI, JAQUELINE BERCELI NASCIMENTO, LETICIA PEZATI FERREIRA, MUNICIPALIDADE DE JALES, MURILO DIAS COSTA, OCTAVIO JOSE BEZERRA SAMPAIO FERNANDES, OSVALDO MAURICIO ROCHA, PAULA MARQUES DOS SANTOS, ROBERTO CARLOS DE OLIVEIRA PERES, TAIS NOGUEIRA e VALDIR JOSE CARDOZO denunciados no caso. da Merenda Escolar. O MPE deu valor à causa em R$ 6.382.768,50.
Despacho Proferido pelo juiz em 21/06/2011
“Indefiro o requerimento de liminar para a decretação da indisponibilidade dos bens de todos os réus porque ausente o requisito do periculum in mora. É que se trata de medida drástica e violenta, que só excepcionalmente pode ser determinada em sede de liminar, postergando-se os direitos constitucionais da ampla defesa e do contraditório. Tem-se então que na hipótese sub judice não há efetiva demonstração de situação de perigo a justificar a constrição tal como requerida, pois não há indícios de dilapidação de patrimônio pelos réus, em fraude a eventual futura execução. Ademais, insta destacar que pode o Ministério Público valer-se a qualquer tempo dos meios jurídicos-processuais próprios para o desfazimento de eventual alienação fraudulenta. Nesse sentido acórdão da Câmara Especial do Meio Ambiente do E. Tribunal de Justiça de São Paulo no Agravo de Instrumento nº 0009538-25.2011.8.26.0000, em que foi relator o Desembargador Antonio Celso Aguilar Cortez, com a seguinte ementa: Ação Civil Pública. Decretação de indisponibilidade de bens com bloqueio de ativos financeiros. Ausência de demonstração da presença dos requisitos pertinentes. De outra banda, em que pese o valor atribuído à causa com base no valor total contratado, a pretensão liminar, tal como posta, constitui evidente excesso de gravame, já que não se tem a quantificação exata do montante real dos alegados danos ao patrimônio público e respectivo enriquecimento ilícito da empresa ré e seus sócios. Notifiquem-se então os réus para, no prazo de 15(quinze) dias, oferecerem manifestação por escrito, que poderá ser instruída com documentos e justificações, nos termos do art. 17, § 7º, da Lei nº 8.429/92. Int. e Dilig.”.

Prefeito e Primeira Dama são presos em Taubaté pela Polícia Federal.

O prefeito de Taubaté, Roberto Pereira Peixoto (PMDB),
preso em operação da PF sob suspeita de fraudar licitações

O prefeito de Taubaté, Roberto Pereira Peixoto (PMDB), e a mulher dele foram presos na manhã desta terça-feira pela Polícia Federal na Operação Urupês.
Eles são suspeitos de envolvimento em fraudes a licitações para a compra, gerenciamento e distribuição de medicamentos e merenda escolar por meio de empresa registrada em nome de “laranjas”.
A investigação iniciada em 2009 apura ainda os crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa, corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.
A Operação Urupês foi deflagrada hoje (21) com o objetivo de desarticular suposta organização criminosa formada por empresários, políticos e funcionários públicos.
Ao todo foram expedidos 13 mandados de busca e apreensão –dez na região de Taubaté e três na cidade de São Paulo– e três mandados de prisão temporária.
Todos os mandados foram cumpridos. Participaram da operação 54 policiais federais.
by: Folha-UOL

Manifesto de apoio à professora Elida Maria Barison da Silva, secretária municipal de Educação (via @folhadonoroeste)

Servidores da rede pública de ensino no município assinam manifesto de apoio à Educadora Elida Maria Barison da Silva, Secretária da Educação do Município de Jales (foto/julianoferreira).
Manifestamos nosso apoio à Educadora Elida Maria Barison da Silva (foto) pelo trabalho realizado na rede pública e particular como professora, diretora de escola e atualmente, como secretária da educação do município. Acreditamos firmemente em sua integridade moral, profissional e repudiamos a forma como vem sendo tratada, pela imprensa, – usando palavras como “máfia”, “esquema” – para noticiar as investigações sobre a merenda escolar. A educação no municipio alcançou índices significativos sob sua gestão, provando a educadora exemplar que sempre foi e temos certeza que os fatos comprovarão que conduz a secretaria com retidão, compromisso com o bem estar e aprendizagem dos alunos.

1. ADRIANA PEREIRA CECARELE 2. AFONSO ROSAFA 3. AILTON LOPES DA COSTA 4. ALAN RICARDO DA SILVA 5. ALÉCIO BUSO 6. ALESSANDRA ELLEN SANTOS – PROFESSORA 7. ALESSANDRA ERICA DE GRANDE GOMES – ESTAGIARIA 8. ALESSANDRO DOS SANTOS SILVA 9. ALEX LINO FERREIRA 10. ALICE AYAKO ASSAOKA SUZUKI – COORDENADOR PEDAGÓGICO 11. ALICE ROBIATTI FERREIRA 12. ALINE FERNANDA DE FREITAS 13. ALZIRA IANELO GUERRA – PROFESSORA 14. AMÁLIA RAMOS DE FREITAS – OFICIAL ADMINISTRATIVO 15. ANA ALICE CASTELARI PELARIM 16. ANA APARECIDA DE OLIVEIRA 17. ANA IRIS MARTINS FERREIRA PURITA – PROFESSORA APOSENTADA 18. ANA MARIA EVANGELISTA BRUSSOLO – ADI 19. ANA PAULA C. FONTANA 20. ANDRÉA CRISTINA VILELA 21. ANDRÉIA PRISCILA LAZARO CATOZZO – ESTAGIÁRIA 22. ANGÉLICA DE CÁSSIA MIRANDA 23. ANTONIO MARCOS MIGUELÃO 24. ANTONIO MENDES GOMES 25. ANTONIO PINHEIRO AZEVEDO 26. APARECIDA DA CONCEIÇÃO DIAS- PROFESSORA APOSENTADA 27. APARECIDA HENRIQUE CAPELETTI – ASE 28. APARECIDA HONORIO CARVALHO 29. APARECIDA M . TEODORO TOLEDO 30. APARECIDA MONTEIRO DA ROCHA – AUXILIAR SERVIÇOS GERAIS 31. ATAMIS LOPES MARTINS PRADO – SUPERVISORA DE ENSINO APOSENTADA. 32. BRASILINA CANDIDA CAMARGO BEGIA – AUXILIAR DE SERVIÇOS ESPECIAIS 33. BRUNO HENRIQUE MAGALHÃES PIZOLETTO 34. CAIBAR DE OLIVEIRA MENDONÇA – SUPERVISOR DE ENSINO E DIRETOR DO IEP 35. CARLOS ROBERTO GAZOLA 36. CARLOS ROBERTO ZERBATO PROFESSOR 37. CÉLIA DE FÁTIMA GUCHARDI – AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS 38. CÉLIA REGINA DA SILVA ZERBATO – PROFESSORA DA EE. “DR. EUPHLY JALLES” E UNIJALES 39. CÉLIA SILVIA BOCCHIO BELÃO 40. CELSO ANTONIO DOS SANTOS – BANCARIO – APOSENTADO. 41. CILENE MARIA DOMINGOS 42. CIOMARA AP DE SOUZA POLETTO 43. CLARICE MARIA P. MORAIS 44. CLAUDENIR CUENCA DOS ANJOS 45. CLÓVIS CLÁUDIO MACHADO 46. CLÓVIS DRAGUELA ARCO 47. CONCEIÇÃO AP.RODRIGUES 48. CREUSA SEGANTINI DA COSTA – CHEFE DE SETOR 49. DAIANE FRANCIELE TEÓFILO 50. DARCI PEREIRA DA SILVA 51. DAYANE ROCHA LOPES 52. DEJANIRA BELO RUGAI – PROFESSORA APOSENTADA 53. DELAIDE DAS GRAÇAS BOLETA 54. DIDVALDA SILVA CARDOSO – ASE 55. DORVALINA CESAR DE OLIVIERA 56. DULCINEIA DE F. F. COLOMBO 57. EDILAINE DE LIMA FRANÇA – AUXILIAR SERVIÇO ESPECIAL 58. EDILAINE FONSECA FORNAZARI 59. EDNA REGINA HILÁRIO – AUXILIAR DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL 60. EDSON SANTANA CARVALHO 61. ELAINE CRISTINA MAGRI 62. ELAINE MAGRI DA SILVA 63. ELENIR MARIA PANISSE DE ARAUJO 64. ELIANE APARECIDA RODRIGUES 65. ELIZA CRISTINA P. M. GONZAGA 66. ELLIS ANGELA GUEDES MOURA 67. ELOISA DI BERNARDO MERIGHE – PROFESSORA APOSENTADA 68. ELSA APARECIDA BARBOSA VENANCIO – PROFESSORA APOSENTADA 69. ELSA TROVO TEIXEIRA – PROFESSORA APOSENTADA 70. ELZA DA SILVA BARRADO REINA – ASG 71. ELZA MARIA DE ANDRADE – PROFESSORA DA UNIJALES E FAMA/MG 72. ÉRICA ELAINE ELIOTI 73. ERONIDES VIDAL DE FREITAS – SOCIÓLOGO – EX-PROFESSOR 74. ERRIVAINE APARECIDA FERREIRA – SUPERVISORA DE ENSINO 75. ESTER ROZO PERUSSI – COORDENADORA PEDAGÓGICA 76. EVANDRO CÉSAR CLEMENTE – PROFESSOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS / CAMPUS JATAÍ 77. FABIANA ARAUJO CORDEIRO 78. FABIANA DA SILVA A ZEVEDO – PROFESSORA 79. FABIANE LOURENÇO PRATES – ADI 80. FABRÍCIA CRISTINA MOREIRA DE SOUZA- DIRETORA DE ESCOLA. 81. FATIMA DE LOURDES FERRASA 82. FÁTIMA DO CARMO IGLESIAS SIQUEIRA- BANCARIA APOSENTADA 83. FERNANDA IGLESIAS FREITAS DUARTE – PROFESSORA DA ETEC DE JALES E TUTORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS. 84. FLÁVIA VALÉRIA JOAQUIM 85. FRANCIELI MILENI CORREIA 86. GABRIELA ARAÚJO PUERTO 87. GISLAINE MARI VANO 88. GIZELE CRISTINA ROSSI BOARATTI 89. HELENA HONÓRIO MAGALHÃES 90. HELENA MARIA ANICETO NOGUEIRA – PROFESSORA 91. HELENITA MARIA NEVES ISTRICANHOLI – AUXILIAR SERVIÇO ESPECIAL 92. IDALINA VILELA TOLEDO – ASE 93. IRENE FERREIRA DA SILVA LIMA – ASE 94. IRIS LÉA MARTINS MENDONÇA – DIRETORA DE ESCOLA APOSENTADA 95. ISALTINA GONÃLVES DIAS 96. IVANETE RIBEIRO DOS SANTOS SILVA 97. JANAINA ZIOTI CAETANO 98. JOANA ANDREU AVELHANEDA – PROFESSORA APOSENTADA 99. JOÃO CESAR PEREIRA SILVA 100. JOSÉ SACIENTE – PROFESSOR 101. JOSELITA DOS SANTOS 102. JOSEPHINA GARCIA – COORDENADORA PEDAGÓGICA 103. JULIA DO NASCIMENTO 104. JULIO CESAR MAGALHÃES PIZOLETTO 105. JURACI TONHOLO- DIRETOR DE DIVISÃO 106. JUSSARA DE OLIVEIRA GONÇALVES DA SILVA 107. JUSSARA VERGINIA DOMINGOS 108. KEYLA APARECIDA AVANZI CORDEIRO – ESCRITURÁRIO 109. LAZARA MARIA VELHO DENARDI – ASE 110. LEDA SEVERINO DE ALMEIDA 111. LENI VIEIRA MENDONÇA 112. LÉO HUBER – PROFESSOR DA UNIJALES E FAMA/MG. 113. LUCIANA GEROMEL MOLAZ – AUXILIAR DESENVOLVIMENTO INFANTIL. 114. LUCIANA PRANDI FRANCO- COORDENADORA 115. LUCIMAR CUCCIOL BOLDRIN DEL COL – AUXILIAR DE SERVIÇOS ESPECIAIS 116. LUDOVITA BARBOSA 117. LUIS ESPECIATO – DIRETOR DE ESCOLA 118. LUIZ ANTONIO DOS SANTOS – PINTOR 119. LUIZ CARLOS DE SOUZA 120. LUIZ PURITA FERREIRA – PROFESSOR APOSENTADO 121. MAGNEIR DE SOUZA OLIVEIRA DE PAULA – DIRETORA DE ESCOLA 122. MARCIA AMADEU DE FREITAS – DIRETORA DE ESCOLA 123. MARCIA MAGALI BOTTON XAVIER MARQUES – ADI 124. MÁRCIA REGINA DE MATTOS FAVARO – COORDENADOR PEDAGÓGICO 125. MARCIA RODRIGUES DUARTE 126. MARCIA SUELI ROBIATI – COORDENADORA PEDAGÓGICA 127. MARGARETH ANTONIA POIATI BATISTA 128. MARIA ANTONIA CASSUCHI DA SILVA 129. MARIA AP. ALMEIDA DE R. FEITOSA 130. MARIA APARECIDA CASELLI IGLESIAS FREITAS – DIRETORA DE ESCOLA APOSENTADA 131. MARIA APARECIDA DA SILVA BUSO-ASE 132. MARIA APARECIDA DAN – PROFESSORA 133. MARIA APARECIDA FRANCO 134. MARIA APARECIDA GOMES VIANA – ASG 135. MARIA APARECIDA MENDES ROCHA 136. MARIA APARECIDA RODRIGUES NOGUEIRA ALCANTARA-SUPERVISORA DE ENSINO 137. MARIA DAS GRAÇAS DE MATOS 138. MARIA DE CARVALHO RODRIGUES 139. MARIA DE LOURDES LOPES PEREIRA 140. MARIA DO CARMO NOGUEIRA CARDOSO – AUXILIAR DE SERVIÇOS ESPECIAIS 141. MARIA HELENA B. RAMOS MODESTO – PROFESSORA 142. MARIA INEZ BELÃO DE AZEVEDO – DIRETORA DE ESCOLA 143. MARIA IZABEL SOCORRO SOARES 144. MARIA CHRISTINA FUSTER SOLER BERNARDO – REITORA DA UNIJALES 145. MARIANE PELISSONI 146. MARILEIDE APARECIDA MARTINS VIANA – PROFESSORA 147. MARILENE APARECIDA JORGE DO PRADO – COORDENADORA PEDAGÓGICA 148. MARILENE VALÉRIO SOARES – COORDENADORA PEDAGÓGICA 149. MARÍLIA GABRIELA FERREIRA DE CARVALHO 150. MARISLEY BERCELI NASCIMENTO – PROFESSORA 151. MARLENE MASTELARI 152. MARLENE RÉCIO SARAIVA DA SILVA – VICE DIRETORA DE ESCOLA 153. MARYNILDA DE L C NACCA 154. NAIR LÚCIA CESTARO 155. NEUZA MIGUEL CENTENO FRANCO 156. NILTON APARECIDO MARQUES DE OLIVEIRA 157. NIVALDA APARECIDA DAN 158. NIVALDO FERNANDES 159. OSVALDO SILVERIO DE SOUZA – ASE 160. OTÁVIO PUPIM PIZOLETTO – PROFESSOR 161. POLICARPO RODRIGUES DA SILVA NETO 162. REGIANE CRISTINA TOLEDO 163. REINALDO R DOS SANTOS 164. ROBERTA APARECIDA NICOLAU 165. ROBERTO EMIDIO PEREIRA 166. ROGÉRIA CRISTINA JOAQUIM SCATENA- COORDENADORA PEDAGÓGICA 167. ROSA ALICE DOS SANTOS DUTRA 168. ROSANGELA JULIANO BORDON BIGULIN – DIRETORA DE GRADUAÇÃO DA UNIJALES 169. ROSANI MARIA FLORÊNCIO RODRIGUES – AUXILIAR DESENVOLVIMENTO INFANTIL 170. ROSELI AP. TREVIZAN PEDRINI 171. ROSELI CRISTINA PACHECO CATANOZI – COORDENADORA PEDAGÓGICA 172. SALVADORA CAPARROZ DE ARO SEMENSATE – AUXILIAR DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL 173. SAULO DE AZEVEDO PIGOSSI 174. SEBASTIANA HELENA DE OLIVEIRA SOUZA – AUXILIAR SERVIÇOS GERAIS 175. SEBASTIANA RODRIGUES DE SOUZA 176. SEDEVAL NARDOQUE – PROFESSOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS 177. SELMA ZIGART – AUXILIAR DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL 178. SIDNEY SANTOS MAZONAS 179. SILVIA COSTA DOS SANTOS SILVA 180. SILVIA CRISTINA DONDA ANGELINI – PROFESSORA 181. SILVIA ELIZABETH CATARINO 182. SIMONE VARGAS V ARANDA 183. SIRLEI DE SALLES FRANCISCO – AUXILIAR SERVIÇOS GERAIS 184. SIRLEI P. DE FARIA MARTARELLO 185. SIRLENE AP. MARCONATO DA SILVA 186. SONIA DE OLIVEIRA LEÃO PASSOS – ADI 187. SUELI BORTOLUZI – BANCÁRIA APOSENTADA 188. SUELI CABALO 189. SUELI RIBEIRO MOTA – AUXILIAR DESENVOLVIMENTO INFANTIL. 190. SUEVA OLIVEIRA MESQUITA GONÇALVES – COORDENADORA PEDAGÓGICA 191. TAMIRES LETICIA MENDONÇA – ESCRITURARIO I 192. TÂNIA MARIA FERREIRA DE FIGUEIREDO ABRA- CHEFE DE SETOR 193. TERESA MANTELATO DE OLIVEIRA – ASE 194. TEREZA ALVES FONSECA 195. VALÉRIA ALTIMARI- VICE- DIRETORA DE ESCOLA 196. VANDEIR PINHEIRO DE AZEVEDO 197. VANESSA PAULA JORGE – PROFESSORA 198. VANIA E. FERREIRA DOS SANTOS – PROFESSORA – GEOGRAFIA. 199. VERA REGINA MATOZO ESPECIATO 200. VERANICE DE SOUZA SILVA 201. VILMA FERNANDES DA SILVA – ADI 202. VILMA PINHEIRO DE AZEVEDO AGOSTINHO 203. VITOR HUGO MAGALHÃES PIZOLETTO

O “Caso da Merenda Escolar em Jales” Noroeste Paulista. Mais um imbróglio das malfadadas terceirizações.

Reeleito Prefeito de Jales, pequena cidadade de 50 mil habitantes  no Noroeste Paulista, em 2008 o Nobre Alcaide Humberto Parini decidiu inicialmente acabar com o OP – Orçamento Participativo. São várias as iniciativas deste gestor para “domesticar os Conselhos Municipais” e aplacar a participação popular.  Tive oportunicade de questioná-lo sobre o esvasiamento do PT local, que foi bastante ativo e participativo no passado, respondeu: “_É uma questão de estratégia.”

Resolveu ele mesmo que deveria ser um “Estadista”, que é uma grande liderança e que, assim, está acima dos partidos, e na ultima campanha assumiu a campanha da candidata tucana à Assembleia Legislativa Analice Fernandes publicamente. Sua residência foi totalmente embandeirada como se fosse um comitê eleitoral independente da tucana.

Aprofundou muito mais que o necessário as terceirizações no município e passou a perseguir politicamente toda a voz que apresentasse discordância de seus métodos. O que nos vale é que o Governo Federal tem uma postura republicana e com isto Jales muito evoluiu… A gente que é militantes do PT não desiste nunca… mas bem que ele poderia parar de atrapalhar…

MP denuncia ‘Máfia da Merenda’ em Jales – SP

Jales/SP – CEI DA MERENDA ESCOLAR: TEORIA E PRÁTICA

PREFEITURA EMITE NOTA E SUGERE “MOTIVAÇÃO PESSOAL” EM DENÚNCIA DE PROMOTORES

DESTAQUES DOS JORNAIS

VEREADORES TENTAM “BLINDAR” PARINI USANDO HONESTIDADE DA PROFESSORA ÉLIDA

PROFESSOR LÉO HUBER “EXPLICA” MERENDA NA RÁDIO MORIAH

%d blogueiros gostam disto: