Bancada religiosa: a mais ausente, inexpressiva e processada

Da Redação

Dados do Transparência Brasil indicam que:

1) Da bancada evangélica, todos os deputados que a compõe respondem processos judiciais;
2) 95% da referida bancada estão entre os mais faltosos;
3) 87% da referida bancada estão entre os mais inexpressivos do DIAP;
4) Na última década não houve um só projeto de expressão, ou capaz de mudar a realidade do país, encabeçado por um parlamentar evangélico.

Assembleia de Deus

1 Hidekazu Takayama – PSC/PR
TRF-1 (Seção Judiciária do Distrito Federal) – Processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – de Ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal. STF – Inquérito nº 2652/ 2007 – Inquérito apura crimes contra a ordem tributária, estelionato e peculato.

2 – Sabino Castelo Branco – PTB/AM
STF – Processo nº 538 – Réu em ação penal movida pelo Ministério Público Federal por peculato.
STF – Inquérito nº 2940 – É alvo de inquérito que apura crimes contra a ordem tributária. TSE –
Processo nº 504786.2010.604.0000 – É alvo de recurso contra expedição de diploma apresentado pelo Ministério Público Eleitoral por abuso de poder econômico e uso indevido de meio de comunicação social.
TSE – Processo nº 874.2011.604.0000 – É alvo de representação movida pelo MPE por captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral.
TRE-AM – Processo nº 90095.2002.604.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2002.
TRE-AM – Processo nº 424843.2010.604.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2010.
TRE-AM – Processo nº 485034.2010.604.0000 – É alvo de representação movida pelo MPE.TRF-1 Seção Judiciária da Amazônia – Processo nº 0001172-68.2007.4.01.3200 – É alvo de ação de execução fiscal movida pela Fazenda Nacional.
TJ-AM Comarca de Manaus – Processo nº 0039972-21.2002.8.04.0001 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual.

3 – Ronaldo Nogueira – PTB/RS
TCE-RS (processo 008255-02.00/ 08-2) – Irregularidades na gestão da Câmara de Carazinho.
TCE-RS (processo 001084-02.00/ 01-0) – Idem. TCE-RS (processo 010264-02.00/ 00-4) – Idem.

4 – João Campos de Araújo – PSDB/GO
TRF-1 (Seção Judiciária do Distrito Federal – processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.

5 – Costa da Conceição Costa Ferreira – PSC/MA
TRF-1 (Seção Judiciária do Distrito Federal) – processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.
É alvo de ações de execução fiscal movidas pelo município de São Luís:
TJ-MA Comarca de São Luís – Processo nº 7092-32.2007.8.10.0001.
TJ-MA Comarca de São Luís – Processo nº 1793-35.2011.8.10.0001

6 – Antônia Luciléia Cruz Ramos Câmara – PSC/AC
TRE-AC – processo 497/ 2002 – Teve reprovada a prestação de contas referente às eleições de 2002. É alvo de ações penais movidas pelo Ministério Público por crimes eleitorais (peculato/captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral).
STF – processo 585. STF – Processo nº 587. TRE-AC – processo 177708/ 2010
– É alvo de inquéritos que apuram crimes eleitorais e contra a administração em geral:
STF – inquérito 3083, TRE-AC – Inquérito 245, STF – Inquérito nº 3133.
É alvo de ações de investigação judicial eleitoral por abuso de poder econômico:
TRE-AC – processo 142143/ 2010, TRE-AC – processo 178782/ 2010, TRE-AC – processo 142835/2010 . É alvo de representações movidas pelo MPE por captação ilícita de sufrágio e/ ou captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral: TRE-AC – processo 180081/ 2010, TRE-AC – processo 194625/ 2010 e TRE-AC – processo 142058/ 2010

7 – Cleber Verde Cordeiro Mendes – PRB/MA
STF – processo 497/2008 – É alvo de ação penal movida pelo Ministério Público Federal por crimes praticados contra a administração em geral (inserção de dados falsos em sistema de informações).
TRE-MA – processo 603979.2010.610.0000 – É alvo de ação de investigação judicial movida pelo Ministério Público Eleitoral por uso de poder político e conduta vedada a agentes públicos.

8 – Nilton Baldino (Capixaba) – PTB/RO
STF – Processo nº 644 – Acusado de envolvimento com a máfia das ambulâncias, é réu em ação penal movida pelo Ministério Público Federal por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.
TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – Processo nº 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo MPF.
TRF-1 Subseção Judiciária de Ji-Paraná – Processo nº 0000432-26.2007.4.01.4101 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo MPF por envolvimento com a máfia das ambulâncias.

9 – Silas Câmara – PSC/AM
STF – inquérito 2005/2003 – É alvo de inquérito que apura peculato e improbidade administrativa.
STF – inquérito 3269 e STF – inquérito 3092 – É alvo de inquéritos que apuram crimes eleitorais.
TRF-1 Seção Judiciária da Amazônia – processo 0004121-02.2006.4.01.3200 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal.
É alvo de representação e ações de investigação judicial movidas pelo Ministério Público Eleitoral por captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico:
TRE-AC – processo 180081.2010.601.0000,
TRE-AC – processo 142835.2010.601.0000,
TRE-AC – processo 178782.2010.601.0000,
TRE-AM – processo 73203919.2005.604.0000
– O PTB teve reprovada a prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2004, quando o parlamentar era ordenador de despesas do partido em nível estadual.

10 – José Vieira Lins (Zé Vieira) – PR/MA
É alvo de inquéritos que apuram crimes de responsabilidade, peculato e sonegação de contribuição previdenciária:
STF – inquérito 3051, STF – inquérito 3078, STF – inquérito 2945, STF – inquérito 2943, STF – Inquérito 3047.
É alvo de ações civis públicas, inclusive de improbidade administrativa, movidas pelo Ministério Público e pelo município de Bacabal:
TRF-1 Seção Judiciária do Maranhão – processo 0005980-37.2008.4.01.3700, TJ-MA Comarca de Bacabal – processo 378-16.2009.8.10.0024, TJ-MA Comarca de Bacabal – processo 1771-15.2005.8.10.0024, TJ-MA Comarca de Bacabal – processo 279-56.2003.8.10.0024.
É alvo de ações de execução movidas pela Fazenda Nacional — por exemplo: TRF-1 Subseção Judiciária de Bacabal – processo 0000629-69.2011.4.01.3703, TRF-1 Subseção Judiciária de Bacabal – processo 693-79.2011.4.01.3703, TRF-1 Subseção Judiciária de Bacabal – processo 0000908-55.2011.4.01.3703, TJ-MA Comarca de São Luís – Processo 6007-40.2009.8.10.0001.
Foi responsabilizado por irregularidades em convênios e aplicação de recursos e teve contas reprovadas: TCU – Acórdão 5659/ 2010, TCU – Acórdão 3577/2009, TCU – Acórdão 3282/2010, TCU – Acórdão 2679/2010, TCU – Acórdão 749/2010, TCU – Acórdão 1918/ 2008 (teve o nome incluído no TCU – Cadastro de responsáveis com contas julgadas irregulares). TCU – Acórdão 801/ 2008 (teve o nome incluído no TCU – Cadastro de responsáveis com contas julgadas irregulares). TCE-MA – processo 2600/1999 e TCE-MA – processo 3276/2005.

11 – Marcelo Theodoro de Aguiar – PSC/SP
TRE-SP – Processo 1077244.2010.626.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2010.

Igreja Presbiteriana

1 – Leonardo Lemos Barros Quintão – PMDB/MG
STF – Inquérito nº 2792 – É alvo de inquérito que apura crimes eleitorais.
TJ-MG Comarca de Belo Horizonte – Processo nº 5034047-88.2009.8.13.0024
– É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual.

2 – Edmar de Souza Arruda – PSC/PR
STF – inquérito 3307 – É alvo de inquérito que apura crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético.

3 – Edson Edinho Coelho Araújo (Edinho Araújo) – PMDB/SP
STF – Inquérito nº 3137 – É alvo de inquérito que apura crimes previstos na lei de licitações.
TJ-SP Comarca de São José do Rio Preto – Processo 576.01.2009.043791-5 – É alvo de ação de execução fiscal movida pela Fazenda estadual. É alvo de ações de improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público Estadual: TJ-SP (segunda instância) – processo 9035424-43.2006.8.26.0000, TJ-SP (Comarca de São José do Rio Preto) – Processo nº 576.01.2010.062759-8. O TCE-SP julgou irregulares processos licitatórios e contratos firmados pela prefeitura de São José do Rio Preto: TCE-SP – processo 2832/008/04, TCE-SP – processo 313/008/02, TCE-SP – processo 2432/008/07

4 – Benedita Souza da Silva Sampaio – PT/RJ
TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – Processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.
É alvo de ações de improbidade administrativa: TJ-RJ (Comarca do Rio de Janeiro) – processo 0040421-83.2007.8.19.0001, TJ-RJ (Comarca do Rio de Janeiro) – processo 0050419-80.2004.8.19.0001 e TJ-RJ (Comarca do Rio de Janeiro) – processo 0372416-70.2009.8.19.0001.

5 – Anthony William Garotinho Matheus De Oliveira (Anthony Garotinho) – PR/RJ
É alvo de inquéritos que apuram crimes eleitorais:
STF – Inquérito 2601/2007,
STF – inquérito 2704/2008,
TRF-2 (Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Processo nº 2008.51.01.815397-2
– É réu em ação penal referente à máfia dos caça-níqueis e movida pelo Ministério Público Federal por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, corrupção e crimes contra a administração pública. Chegou a ser condenado a dois anos meio de prisão. A pena foi convertida em prestação de serviços e suspensão de direitos.
É alvo de ações de improbidade administrativa:
TJ-RJ Comarca de Nova Iguaçu – processo 0026769-53.2005.8.19.0038,
TJ-RJ Comarca de São Fidelis – processo º 0000249-07.2011.8.19.0051,
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0050419-80.2004.8.19.0001,
TJ-RJ Comarca de Campos dos Goytacazes – processo 0011729-64.2009.8.19.0014,
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0040380-19.2007.8.19.0001,
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0040412-24.2007.8.19.0001, TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0039456-08.2007.8.19.0001,
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0064717-67.2010.8.19.0001,
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0183480-95.2008.8.19.0001,
TRE-RJ – processo 764689.2008.619.3802
– Em ação judicial eleitoral, foi condenado por abuso de poder econômico e uso indevido de veículo de comunicação social. A Justiça decretou inelegibilidade.

Igreja Universal do Reino de Deus

1 – José Heleno da Silva – PRB/SE
É alvo de ações de improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público Federal:
TRF-5 Seção Judiciária de Sergipe – processo 0005364-36.2010.4.05.8500,
TRF-5 Seção Judiciária de Sergipe – processo 0005511-67.2007.4.05.8500 (Acusado de envolvimento com a máfia das ambulâncias),
TRF-1 Seção Judiciária de Mato Grosso – processo 0015233-58.2008.4.01.3600
– É alvo de medidas investigatórias referentes à máfia das ambulâncias e conduzidas pelo Ministério Público Federal.
O TRE reprovou as prestações de contas do PL referentes aos exercícios financeiros de 2003 e de 2005, quando o parlamentar era dirigente do partido em nível regional:
TRE-SE – processo 34792.2004.625.0000,
TRE-SE – processo 438664.2006.625.0000

2 – Vitor Paulo Araújo dos Santos – PRB/RJ
STF – processo 592 – É réu em ação penal movida pelo Ministério Público por crimes eleitorais.

3 – Antonio Carlos Martins de Bulhões – PRB/SP
STF – inquérito 2930/ 2010 – É alvo de inquérito que apura peculato.
TRF-3 Seção Judiciária de São Paulo – Processo 0044601-82.2002.4.03.6182 – É alvo de ação de execução fiscal movida pela Fazenda Nacional.
TRF-3 Seção Judiciária de São Paulo – Inquérito 0005062-78.2003.4.03.6181 – É alvo de inquérito que apura apropriação indébita e crimes contra o patrimônio.

4 – Jhonatan Pereira de Jesus – PRB/RR
TRE-RR – processo 229176.2010.623.0000 – Teve reprovada a prestação de contas referente às eleições de 2010.

Igreja Do Evangelho Quadrangular

1 – Jefferson Alves de Campos – PSB/SP
TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.
É alvo de ações de improbidade administrativa movidas pelo MPF por envolvimento com a máfia das ambulâncias:
TRF-3 Seção Judiciária de São Paulo – processo 0004928-22.2011.4.03.6100, TRF-3 Subseção Judiciária de Santos – processo 0000249-06.2007.4.03.6104

2 – Mário de Oliveira – PSC/MG
TRE-MG – Processo 60069.2011.613.0000 – É alvo de inquérito que apura crime eleitoral.
STF – inquérito 2727 – É alvo de inquérito que apura crimes de responsabilidade, contra a ordem tributária e previstos na lei de licitações, além de formação de quadrilha, falsidade ideológica, estelionato e lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores.

3 – Josué Bengtson – PTB/PA
TRF-1 Seção Judiciária do Pará – rocesso 3733-02.2007.4.01.3900 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal.
TRF-1 Seção Judiciária de Mato Grosso – processo 0004032-69.2008.4.01.3600 – Acusado de envolvimento com a máfia das ambulâncias, é alvo de medidas investigatórias conduzidas pelo MPF por crimes previstos na lei de licitações.

Igreja Internacional da Graça

1- Rodrigo Moreira Ladeira Grilo – PSL/MG

2 – Jorge Tadeu Mudalen – DEM/SP
TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – Processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.

Igreja Mundial do Poder de Deus

1 – José Olímpio Silveira Moraes (missionário José Olímpio) – PP/SP
TJ-SP Comarca de São Paulo – Processo 0424086-16.1997.8.26.0053 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual.
TJ-SP Comarca de Itu – processo 286.01.2009.514728-4 – É alvo de ação de execução fiscal movida pelo município de Itu.

2 – Francisco Floriano de Souza Silva – PR/RJ
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0139394-68.2010.8.19.0001 – É réu em ação penal movida pelo Ministério Público Estadual por lesão corporal decorrente de violência doméstica.

Igreja Metodista

1 – Walney Da Rocha Carvalho – PTB/RJ
STF – Processo 627 – É alvo de ação penal movida pelo Ministério Público Federal por corrupção passiva.
TRE-RJ – Processo nº 197118.2002.619.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2002.
É alvo de ações de execução fiscal movidas pelo município de Nova Iguaçu e pela Fazenda Nacional — por exemplo: TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0000562-61.2010.4.02.5110, TJ-RJ Comarca de Nova Iguaçu – processo 0112599-45.2009.8.19.0038, TJ-RJ Comarca de Nova Iguaçu – processo 0083231-88.2009.8.19.0038

2 – Áureo Lidio Moreira Ribeiro – PRTB/RJ
É alvo de ações de execução fiscal movidas pela Fazenda Nacional e pelo município de Duque de Caxias:
TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0000153-61.2005.4.02.5110,
TJ-RJ Comarca de Duque de Caxias – Processo nº 0005413-58.2002.8.19.0021.

Igreja Nova Vida

1 – Washington Reis de Oliveira – PMDB/RJ
STF – processo 618 – É alvo de ação penal movida pelo Ministério Público Federal por crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético e formação de quadrilha.
STF – inquérito 3192 – É alvo de inquérito que apura crimes eleitorais. É alvo de ações civis públicas, inclusive de improbidade administrativa, movidas pelo Ministério Público:
TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Processo 0007523-23.2007.4.02.5110, TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0008324-65.2009.4.02.5110, TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Processo 0003813-92.2007.4.02.5110 (Foi condenado por improbidade administrativa, pois não houve divulgação de recursos recebidos pela prefeitura de Duque de Caxias. A Justiça determinou a suspensão dos direitos políticos, a proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios/ incentivos fiscais ou creditícios e o pagamento de multa).
É alvo de ações de execução fiscal movidas pela Fazenda Nacional e pelo município de Duque de Caxias — por exemplo:TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0004113-83.2009.4.02.5110, TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0004857-78.2009.4.02.5110, TJ-RJ Comarca de Duque de Caxias – processo 0223580-32.2008.8.19.0021, TJ-RJ Comarca de Duque de Caxias – processo 0223582-02.2008.8.19.0021, TRE-RJ – processo 386718.2010.619.0000
– É alvo de ação de investigação judicial movida pelo Ministério Público Eleitoral por abuso de poder econômico. TRE-RJ – processo 772.2011.619.0000
– É alvo de representação movida pelo MPE por captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral. TRE-RJ – Processo 674343.2010.619.0000
– É alvo de representação movida pelo MPE por conduta vedada a agente público. TCE-RJ detectou irregularidades e emitiu pareceres contrários à aprovação das contas referentes à administração financeira da prefeitura de Duque de Caxias: TCE-RJ – Processo 203.163-8/10. TCE-RJ – processo 206.291.7/09

Igreja Cristã Evangélica

1 – Iris de Araújo Resende Machado – PMDB/GO
TRE-GO – Processo nº 999423170.2006.609.0000 – Teve rejeitada prestação de contas referente às eleições de 2006.

Congregação Cristã no Brasil

1 – Bruna Dias Furlan – PSDB/SP
É alvo de representações movidas pelo Ministério Público Eleitoral por conduta vedada a agentes públicos: TRE-SP – processo 15170.2010.626.0199, TRE-SP – processo 1949115.2010.626.0000

Igreja Sara Nossa Terra

1 – Eduardo Cosentino da Cunha – PMDB/RJ
STF – inquérito 2984/ 2010 – É alvo de inquérito que apura uso de documento falso. STF – inquérito 3056
– É alvo de inquérito que apura crimes contra a ordem tributária. TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – processo 0031294-51.2004.4.01.3400
– É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal. TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0026321-60.2006.8.19.0001
– É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual. TRE-RJ – processo 59664.2011.619.0000
– Alvo de representação movida pelo Ministério Público Eleitoral por captação ilícita de sufrágio. TRE-RJ – processo 9488.2010.619.0153
– Alvo de ação de investigação judicial eleitoral movida pelo MPE por abuso de poder econômico. TSE – processo 707/2007
– Alvo de recurso contra expedição de diploma apresentado pelo MPE por captação ilícita de sufrágio.

Com informações do site catolicas.org.br

Gov. Perillo PSDB – GO pede socorro à Força Nacional de Segurança.

Sem conseguir conter a violência crescente em 19 cidades, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), pediu o envio da Força Nacional de Segurança (FNS) ao governo federal e foi atendido.

Nesta segunda-feira (18), os 100 primeiros integrantes da FNS desembarcaram em Luziânia (GO). Em parceria com 25 policiais civis e cinco peritos deslocados para a missão, eles começarão a patrulhar a região na próxima quinta-feira (21) e ocupar pontos de maior incidência criminal, como ruas dominadas pelo tráfico de drogas.

“Pretendemos fazer um bom trabalho e, para isso, precisaremos contar com a ajuda da população e dos policiais civis e militares que já atuam nessas regiões”, explicou o capitão responsável pela operação da FSN, Otemar Bianchini. “Temos que juntar nossos trabalhos se quisermos acabar com a criminalidade ou, pelo menos, diminuir ao máximo toda essa violência”, completa.

Em menos de três anos, esta é a segunda vez que o governo de Goiás tem de recorrer à FNS. A primeira foi em agosto de 2007. E agora, com o aumento de 43% dos homicídios no mês passado em relação a março de 2010, Perillo não teve outra saída.

Os índices chegaram a níveis alarmantes. Em 2010, a taxa média de homicídios nestes 19 municípios ficou em 75 casos por 100 mil habitantes, três vezes maior que a média nacional de 24 mortes a cada 100 mil. Dentro de um mês, os governos estadual e federal avaliarão a necessidade de aumentar o contigente da FNS nas cidades da operação.

Cidades que receberão ajuda na operação Entorno II

1- Abadiânia
2- Água Fria de Goiás
3- Águas Lindas
4- Alexânia
5- Cabeceiras
6- Cidade Ocidental
7- Cocalzinho de Goiás
8- Corumbá
9- Cristalina
10- Formosa
11- Luziânia
12- Mimoso de Goiás
13- Novo Gama
14- Padre Bernardo
15- Pirenópolis
16- Planaltina
17- Santo Antônio do Descoberto
18- Valparaíso
19- Vila Boa

Fonte: Brasília Confidencial

IBOPE GOIAS : Dilma sobe (57%) X Serra cai (43%)

Mirelle Irene
Direto de Goiânia

Uma pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (28) no jornal O Popular, de Goiânia, mostra a candidata do PT, Dilma Rousseff, liderando a preferência do eleitorado de Goiás na corrida presidencial.

O levantamento eleitoral dos votos válidos – desconsiderando brancos, nulos e indecisos – indica que a petista tem 57% das intenções, 14 pontos à frente do adversário do segundo turno, o candidato do PSDB, José Serra, que caiu para 43%. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

No cálculo total dos votos, Dilma aparece com 51% e Serra com 39%. Por essa perspectiva, a vantagem da petista é de 12 pontos percentuais. De acordo com a pesquisa, indecisos são 5%. Os que votarão em branco ou nulo também somam 5%.

Na rodada anterior, divulgada no dia 20, Dilma e Serra apareciam empatados tecnicamente, com o tucano numericamente à frente. Serra tinha 47% das intenções totais e Dilma aparecia com 45%.

Encomendada pela TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo, a pesquisa entrevistou 1.204 eleitores em 55 municípios do Estado e foi registrada, entre os dias 24 e 26 de outubro, no Tribunal Regional Eleitoral, sob número 53.868/2010, e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 37.516/2010

Fonte: Portal Terra

Ibope aponta empate técnico entre Perillo e Rezende para governo de Goiás

A eleição para o governo de Goiás está indefinida, de acordo com a mais recente pesquisa Ibope, encomendada pela TV Anhanguera e divulgada ontem à noite: o senador Marconi Perillo (PSDB) tem 46%, e Iris Rezende (PMDB), 45% das intenções de voto

A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou menos. Os eleitores indecisos representam 5%. Já a soma de brancos e nulos é igual a 4%.

Foram ouvidas no levantamento 1.204 pessoas, nos dias 24 a 26 de outubro, em 55 cidades do Estado.

Considerando apenas os votos válidos (sem levar em conta branco, nulos e indecisos), Perillo está com 51%, e Rezende, 49%.

Em pesquisa Ibope divulgada na semana passada, o tucano aparecia com 48% dos votos totais. Já o peemedebista tinha 44%.

O atual levantamento foi registrado no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Goiás sob o número 53868/2010

Vox Populi mostra diferença de quatro pontos: Marconi tem 49% e Iris 45%

Pesquisa Vox Populi, contratada pela TV Goiânia/Band e divulgada nesta quarta-feira (20) confirma a tendência de acirramento na disputa pelo governo do Estado de Goiás no 2º turno, também apontada pela Grupom/Rádio730 e pelo Instituto Ibope. O candidato ao governo pela coligação Goiás quer Mais, Marconi Perillo (PSDB) mantém a frente, com 49%, no entanto, a vantagem para Iris Rezende (PMDB) agora é de quatro pontos percentuais, sendo que o peemedebista aparece com 45% no cenário estimulado.  

Segundo o levantamento, 3% dos eleitores votaria branco ou nulo e 3% não souberam ou não opinaram. A margem de erro do levantamento é de 2,8 pontos percentuais para mais ou para menos, sendo que o Vox Populi ouviu 1.200 pessoas em todo o Estado entre os dias 16 e 18 de outubro.

No cenário espontâneo, em que os eleitores manifestam o voto sem auxílio de cartela com nomes, os números são parecidos. Marconi aparece com 48% e Iris com 44%.

A pesquisa foi registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 36.305 e no tribunal Regional Eleitoral com o nº 51.901 no dia 15 de outubro

Fonte: http://www.portal730.com.br

Vox Populi aponta liderança de Dilma em Goiás

A candidata a presidência pelo PT, Dilma Roussef segue na frente no Estado de Goiás, segundo aponta a pesquisa Vox Populi, divulgada nesta quarta-feira (20). A petista aparece com 48% das intenções de voto, no cenário estimulado, enquanto José Serra (PSDB) tem 45%. No entanto, considerando a margem de erro, que é de 2,8 pontos percentuais, há um cenário de empate técnico entre os dois candidatos. 

Vox Populi ouviu 1.200 pessoas em todo o Estado entre os dias 16 e 18 de outubro. A pesquisa foi registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 36.305 e no Tribunal Regional Eleitoral com o nº 51.901 no dia 15 de outubro.

Pesquisa Brasmarket – GO: Iris (42,1%) lidera pesquisa e garante 2° turno

O candidato ao governo pela coligação Goiás Rumo ao Futuro, Iris Rezende (PMDB) surpreende na reta final das eleições e venceria o primeiro turno do pleito, revela pesquisa Brasmarket Análise & Investigação de Mercado Ltda., encomendada pelo Jornal dos Municípios. Iris lidera com 42,1% das intenções de voto no levantamento estimulado. O candidato da coligação Goiás Quer Mais, Marconi Perillo (PSDB), vem em segundo lugar, com 40% das preferências.

O levantamento Brasmarket promete acirrar ainda mais o debate na reta final das eleições desde que institutos passaram a sinalizar o segundo turno nas eleições para o governo do Estado. A pesquisa divulgada ontem não só confirma a tendência para o confronto final como aponta um novo líder na disputa, o ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende, que deverá enfrentar Marconi Perillo em mais um duelo decisivo.

Vanderlan Cardoso (PR), da coligação Goiás no Rumo Certo tem 10,8%. Marta Jane (PCB) fica com 0,5% e Washington Fraga (PSol), da coligação Goiás Pra Você, Não Pra Eles, tem 0,3%. Não sabem em quem votar ou não responderam 5,6%. Votariam em branco ou nulo, 0,8%.

A pesquisa Brasmarket foi realizada nos dias 23 e 24 de setembro de 2010 e ouviu 1.200 eleitores nas regiões do Estado. O levantamento, desta forma, já reflete as repercussões da forte presença do presidente Lula na propaganda eleitoral de Iris Rezende, bem como as últimas ações do PMDB, com intensificação da campanha no Entorno do Distrito Federal.  A margem de erro é 3% para um intervalo de confiança de 97%. O estatístico é Dario Nery. O levantamento foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) sob o protocolo 45676/2010.

ESPONTÂNEA

Na pesquisa espontânea realizada pelo Brasmarket, Iris Rezende mantém a dianteira e alcança 40,7% das intenções de votos dos eleitores consultados pelo instituto. Marconi Perillo fica com 39,2%. Vanderlan Cardoso tem 9,2%. Marta Jane, 0,3% e Washington Fraga não alcançou pontuação. Não sabem/sem resposta, 10%. Branco/nulo, 0,8%.

REJEIÇÃO

O candidato da coligação Goiás Quer Mais, Marconi Perillo (PSDB) é o mais rejeitado entre os eleitores, constata pesquisa Brasmarket Análise & Investigação de Mercado Ltda. 26,4% dos consultados afirmam que não votariam no tucano. Em segundo lugar vem Iris Rezende (PMDB), da coligação Goiás Rumo ao Futuro, com 23,4%. O terceiro mais rejeitado é Vanderlan Cardoso, da coligação Goiás no Rumo Certo (7,7%).

Em quarto lugar vem Washington Fraga (PSol), da coligação Goiás Pra Você, Não Pra Eles (7,6%). A menos rejeitada é Marta Jane, do PCB (4,8%). Não sabe/sem resposta, 17,6%. Não rejeitam nenhum dos candidatos, 11,1%. Rejeita todos, 1,5%.

SENADO

O Brasmarket mostra também que, se as eleições ocorressem hoje, os senadores e candidatos à reeleição Demóstenes Torres (DEM) e Lúcia Vânia (PSDB) teriaM, respectivamente, a preferência para o primeiro e segundo votos dos eleitores, seguidos pelo deputado Pedro Wilson (PT).

No levantamento em que o instituto pergunta qual seria o primeiro voto do eleitor, o resultado foi esse: Demóstenes Torres (38,3%), Pedro Wilson (12,5%), Lúcia Vânia (11,3%), ex-prefeito de Rio Verde Paulo Roberto Cunha (3,4%), presidente estadual do PMDB Adib Elias (2,6%), Elias Vaz, do PSol (1,4%),  Rubens Donizzeti, do PSTU (1,3%). O cantor Renner, que já desistiu da disputa, foi lembrado por 1,2% dos eleitores. Bernardo Bispo, do PCB (0,8%). Pretendem votar em branco ou nulo 4,3% dos entrevistados. Não souberam responder 23%% dos eleitores.

Já no levantamento em que o instituto pergunta qual seria o segundo voto do eleitor, o resultado foi esse: Lúcia Vânia (27,5%), Demóstenes Torres (13,2%), Pedro Wilson (13,1%), presidente estadual do PMDB Adib Elias (6%), cantor Renner, que já desistiu da disputa (4,2%),  ex-prefeito de Rio Verde Paulo Roberto Cunha (3,7%), Elias Vaz (1,8%),  Rubens Donizzeti (0,7%). Bernardo Bispo não alcançou pontuação.  Pretendem votar em branco ou nulo 6,8% dos entrevistados. Não souberam responder 23,3%.

 

 

Fonte: Jornal dos Municípios

Em Goiás, vantagem de Dilma (53%) sobre Serra (27%) chega a 26 pontos

Mirelle Irene
Direto de Goiânia

Pesquisa Ibope contratada pela TV Anhanguera e publicada neste sábado (11) no jornal O Popular, de Goiânia, mostra crescimento de dez pontos da candidata petista à presidência da República, Dilma Rousseff, sobre o concorrente tucano, José Serra. Dilma ampliou de 11 para 26 pontos percentuais em Goiás a vantagem sobre o ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB), em comparação com a rodada anterior da pesquisa, publicada em 13 de agosto. Dilma agora tem 53% das intenções, diante de 27% de Serra, que perdeu cinco pontos percentuais na comparação com a pesquisa de agosto, quando tinha 32%. Dilma, porém, já liderava em Goiás desde a rodada anterior, quando tinha 43% das intenções de voto.

A candidata do PV, a senadora Marina Silva, estacionou em 8% das intenções de voto, mesmo índice alcançado na pesquisa anterior. Os outros candidatos a presidência não pontuaram na pesquisa, que usou a metodologia estimulada. Os votos brancos e nulos para presidente repetem a porcentagem da pesquisa anterior, 3%. Já os indecisos caíram de 12% em agosto para 8%, agora em setembro.

Na espontânea, o Ibope mediu 46% das intenções de voto para Dilma, 21% para Serra e 6% para Marina. Outros candidatos a presidência somaram juntos 1% , brancos e nulos, 3%, e os indecisos 23%.

Em uma simulação para um eventual segundo turno entre Rousseff e Serra, a pesquisa Ibope/Tv Anhanguera mostra que Dilma ganharia com 59% contra 32% do tucano. Brancos e nulos atingiriam 4% e indecisos, 6%.

O Ibope ouviu 812 eleitores em todo o Estado, entre os dias 7 e 9 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento do Ibope foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral sob o número 41387/2010.

Campanha casada
Os tucanos goianos acreditam que possam eliminar a vantagem de Dilma sobre Serra nas próximas três semanas finais da campanha. O coordenador do Comitê Pró-Serra em Goiás, ex-deputado Fernando Cunha (PSDB), aposta na visita do presidenciável a Goiás na tarde deste sábado (11) para promover o presidenciável tucano para o eleitorado, já que, além de Goiânia, Serra irá pela primeira vez ao interior do Estado como candidato, em carreatas que passarão pelos municípios de Piracanjuba e Morrinhos, a 83 km e 125 km da capital, respectivamente.

Cunha aposta em uma campanha “casada” de Serra com o favorito nas pesquisas ao governo, o senador Marconi Perillo (PSDB) para melhorar a performance do presidenciável tucano em Goiás. “A campanha do Marconi, nos jingles, nos impressos, é ele e Serra junto, no mesmo nível”, informa, quando questionado, no entanto, sobre a ausência da imagem do presidenciável em carros plotados, por exemplo.

Serra também não foi aproveitado nenhuma vez, até agora, na propaganda de TV e rádio de Marconi. “Primeiro, porque tem um programa de TV do próprio Serra”, justifica. “E no programa do Marconi, ele (o senador, candidato ao governo) pede votos para Serra, além dos candidatos ao Senado e a deputado”, garante.

Fonte: Portal Terra

GO indica definição em dois turnos: Marconi Perillo tem 42% contra 33% de Iris, diz Ibope

 

O senador Marconi Perillo lidera a disputa pelo governo de Goiás com 42% das intenções de voto. Foto: Arte/Terra
O senador tucano Marconi Perillo lidera a disputa pelo governo de Goiás com 42% das intenções de voto
Foto: Arte/Terra
Mirelle Irene
Direto de Goiânia

Pesquisa eleitoral do Ibope contratada pela TV Anhanguera e divulgada nesta sexta-feira (10) mostra o candidato tucano ao governo, senador Marconi Perillo (PSDB) na frente com 42% das intenções de voto, seguido de Iris Rezende (PMDB), com 33% e Vanderlan Cardoso (PR), com 10%. A candidata do PCB, Marta Jane, alcançou 1% e Washington Fraga, do Psol, não pontuou.

O Ibope ainda mostrou que os votos brancos e nulos somam em Goiás 5% e os indecisos chegam a 9%.

Em comparação com a pesquisa anterior do instituto, divulgada em 14 de agosto, Marconi caiu três pontos (tinha 45%), Iris, um ponto (tinha 34%) e Vanderlan subiu cinco pontos, dobrando os 5% que alcançou em agosto.

Para o Senado, a pesquisa divulgada nesta sexta mostra os senadores em reeleição na frente da corrida. Demóstenes Torres (DEM) tem 49% das intenções de voto e Lúcia Vânia (PSDB), tem 39%. Em terceiro aparece Pedro Wilson (PT), com 15%, seguido de Paulo Roberto Cunha (PP) e Adib Elias (PMDB) empatados com 7%. O cantor Renner (PP) conseguiu 6% das intenções de voto, Elias Vaz (Psol), 3%, Rubens Donizete (PSTU), 2%, e Bernardo Bispo (PCB), 1%. Votos brancos e nulos para a escolha de senadores somaram 13%, e 24% citaram apenas uma das duas opções perguntadas pelo Ibope.

O levantamento foi feito entre os dias 7 e 9 de setembro, em todo o Estado, quando foram ouvidos 812 eleitores e a margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais. O levantamento do Ibope foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral sob o número 41.387/2010

Pesquisa Datafolha: Vantagem de Dilma supera 31 milhões de votos

do Brasília Confidencial

DILMA3    A presidenciável do PT, Dilma Rousseff, alcançou vantagem de 23 pontos percentuais sobre o candidato das oposições ao Governo Lula, José Serra (PSDB), de acordo com a mais recente pesquisa realizada pelo instituto Datafolha para a Rede Globo e o jornal Folha de São Paulo. Entrevistados 11.660 eleitores em 414 municípios, na quarta e na quinta-feira, Dilma obteve 50% das intenções de voto – mesmo índice da pesquisa anterior – enquanto Serra oscilou de 28% para 27%. Marina Silva oscilou de 10% para 11%. 

    Convertidos os índices em números, Dilma teria 67,9 milhões; Serra ficaria em 36,6 milhões e Marina teria aproximadamente 15 milhões. Os 23 pontos de vantagem de Dilma sobre Serra equivalem a mais de 31,2 milhões.

    Calculados os votos válidos, segundo o Datafolha, Dilma teria 56% e conquistaria a Presidência da República já no primeiro turno. Para a hipótese de 2º turno, a simulação do Datafolha apontou 56% para a candidata do PT e 35% para o presidenciável do PSDB.

DISPUTAS ESTADUAIS

    Ontem, tanto o Datafolha quanto o Ibope divulgaram resultados de novas pesquisas sobre as eleições para governador.

 

PARANÁ

    A vantagem de Beto Richa (PSDB) sobre Osmar Dias (PDT), segundo o Datafolha, caiu de 13 para 6 pontos. Richa caiu de 47% no fim de agosto para 44%, nesta semana, enquanto Dias subiu de 34% para 38%. Perdeu força a hipótese de eleição do tucano no primeiro turno.

PERNAMBUCO

    Também de acordo com o Datafolha, o governador Eduardo Campos (PSB) tem 63% das intenções de voto. Jarbas Vasconcelos (PMDB) obteve 21%.

DISTRITO FEDERAL

    O candidato do PT, Agnelo Queiroz, abriu vantagem de 11 pontos sobre o ex-governador Joaquim Roriz (PSC), ameaçado pela Lei da Ficha Limpa. O Datafolha apontou 44% para Agnelo e 33% para Roriz.

RIO GRANDE DO SUL

    O ex-ministro Tarso Genro, candidato do PT, obteve 42% das intenções de voto. Ele tem vantagem de 16 pontos sobre José Fogaça (PMDB) e de 29 pontos sobre a governadora Yeda Crusius (PSDB), de acordo com o Datafolha.

BAHIA

    Pesquisa do Ibope reafirma a liderança do governador e candidato à reeleição, Jaques Wagner (PT), com 49% das intenções de voto. O ex-governador Paulo Souto (DEM) aparece com 15% e o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) com 12%.

SÃO PAULO

    A diferença entre Geraldo Alckmin (PSDB) e Aloizio Mercadante (PT) caiu de 31 para 24 pontos percentuais, segundo o Ibope. Alckmin caiu de 51% para 46% das intenções de voto. Mercadante oscilou de 20% para 22%. 

 

RIO DE JANEIRO

    Pesquisa Ibope mostra que Sergio Cabral (PMDB) tem 57%. Fernando Gabeira (PV) tem 14%.

SANTA CATARINA

    Raimundo Colombo (DEM) assumiu a dianteira com 34% das intenções de voto, de acordo com o Ibope. Angela Amin (PP) aparece com 27%, e Ideli Salvatti, do PT, com 15%.

GOIÁS

    Marconi Perillo (PSDB) aparece com 42% na pesquisa Ibope. Íris Rezende (PMDB) tem 33%

PIAUÍ

    Wilson Martins (PSB) lidera a disputa com 34%, contra 27% de Sílvio Mendes (PSDB) e 23% de João Vicente (PTB).

Em Goiás, Marconi Perillo (49,2) e Dilma Rousseff (49,8%) lideram pesquisa do Instituto Serpes

Mirelle Irene
Direto de Goiânia

A primeira pesquisa de intenção de votos realizada após o início do horário eleitoral – publicada neste sábado (28) no jornal O Popular, de Goiânia – mostra larga vantagem de Marconi Perillo (PSDB) e de Dilma Rousseff (PT), candidatos ao governo e à presidência da República, respectivamente.

Realizado entre os dias 23 e 27, e com base em entrevistas com 1.001 eleitores em todo o Estado, o levantamento do Instituto Serpes indica que, na metodologia estimulada, Marconi tem 49,2% das intenções de voto, enquanto o segundo colocado, Iris Rezende (PMDB), tem 33,1%, uma diferença de 16,1 que favorece o tucano. Pelos dados, Marconi Perillo seria eleito governador no primeiro turno se a eleição fosse hoje.

Na comparação com a rodada anterior, publicada no dia 2 de agosto, Marconi cresceu 2,5 pontos porcentuais e Iris encolheu 5,9 pontos. O terceiro colocado, Vanderlan Cardoso (PR) tinha 5,5% e agora tem 7,8% das intenções – alta de 2,3 pontos porcentuais. A margem de erro da pesquisa é de 3,1 pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Na pesquisa, os outros dois candidatos a governador pontuaram, juntos, menos de 1%. Mara Jane (PCB) tem 0,5% das intenções e o candidato do Psol, Washington Fraga, aparece com 0,1%. Votos brancos ou nulos somam 2,5% e 6,9% do eleitorado disse estar indeciso.

Dilma ultrapassa Serra na disputa presidencial
O Serpes também mostra a candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff ultrapassando o presidenciável do PSDB, José Serra, com 49,8% das intenções, diante 28,5% do tucano. Para esta pesquisa, o Instituto também ouviu 1.001 eleitores em todo o Estado de Goiás, entre os dias 23 e 27 de agosto.

Dilma teve um crescimento de 11,8 pontos porcentuais em relação a pesquisa anterior, de 2 de agosto, quando aparecia tecnicamente empatada com Serra. Somado ao recuo obtido pelo candidato (que perdeu 11 pontos porcentuais em relação a pesquisa anterior divulgada em 2 de agosto), Dilma acumula uma frente de 21,3 pontos no Estado. A margem de erro da pesquisa é de 3,1 pontos porcentuais, para mais ou para menos.

A candidata do PV, senadora Marina Silva, manteve os 7,5% das intenções de voto da rodada anterior. Outros candidatos somados têm 3,1% dos votos.

O levantamento Serpes/O Popular foi registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral sob o número 26.040/2010, em 23 de agosto de 2010, e no Tribunal Regional Eleitoral com o número 38 762/2010, na mesma data.

Fonte: Portal Terra

Ibope aponta Marconi com 45% em Goiás; Iris tem 34%

 Mirelle Irene

Direto de Goiânia

O candidato do PSDB ao governo de Goiás, senador Marconi Perillo, lidera a corrida eleitoral no Estado, segundo levantamento feito pelo Ibope. De acordo com a pesquisa estimulada, o tucano registrou 45% das intenções de voto e abriu uma vantagem de 11 pontos em relação ao segundo colocado, o ex-prefeito de Goiânia Iris Rezende, que alcançou 34%.

Vanderlan Cardoso (PR) aparece em terceiro lugar com 5% das intenções de voto e Marta Jane (PCB) e Washington Fraga (Psol) não chegaram a 1%. Brancos e nulos somam 4% e 11% dos entrevistados não sabem em quem votar.

Marconi lidera também na pesquisa espontânea (28%), com 8 pontos porcentuais à frente de Iris (20%). O candidato do PR, Vanderlan Cardoso, obteve 3% e os votos de Marta Jane (PCB) e Fraga (Psol) totalizaram 1%. Já os eleitores indecisos chegam a 44% dos entrevistados e votos brancos ou nulos, 3%.

No quesito rejeição, Marconi e Iris estão praticamente empatados tecnicamente: Iris aparece com 20% e Marconi tem 17%. Em seguida, aparecem Marta Jane e Fraga, com 13% de rejeição cada, e Vanderlan, com 12%, configurando também um empate técnico.

Senado
Na pesquisa de intenção de votos para o Senado, os candidatos à reeleição Demóstenes Torres (DEM) e Lúcia Vânia (PSDB) lideram a disputa. O candidato do DEM tem 43% das intenções de voto, diante de 36% da tucana. Na terceira posição está Pedro Wilson (PT), com 16%. Os candidatos do PP, Paulo Roberto Cunha, e do PMDB, Adib Elias, aparecem tecnicamente empatados na quarta posição, com 7% e 6%, respectivamente.

A pesquisa encomendada pela TV Anhanguera, de Goiânia, foi realizada entre os dias 10 e 12 de agosto e ouviu 812 eleitores em todo o Estado. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos porcentuais. O levantamento foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 35.731/2010.

Presidenciáveis
Em sondagem de intenção de votos realizada pelo Ibope em Goiás, a candidata do PT, Dilma Rousseff, tem 43% das intenções de voto e está 11 pontos à frente do candidato do PSDB, José Serra, que aparece com 32%.

A senadora Marina Silva (PV), alcançou 8% das intenções de voto, Plínio de Arruda Sampaio (Psol) e José Maria Eymael (PSDC), 1% cada e os demais candidatos não atingiram 1% dos votos no levantamento. Os indecisos somam 12% e brancos ou nulos 3%.

Na pesquisa espontânea, Dilma também lidera com 31% das intenções de voto, José Serra apresentou 17% e Marina Silva, 4%. Indecisos somam 43% e brancos ou nulos 2%. Os demais candidatos somados tiveram 2% dos votos, segundo o Ibope.

A pesquisa encomendada pela TV Anhanguera, de Goiânia, foi realizada entre os dias 10 e 12 de agosto, e ouviu 812 eleitores em todo o estado. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos porcentuais. O levantamento foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral sob o número 35.731/2010

%d blogueiros gostam disto: