Noroeste Paulista – Araçatuba é Cido Sério Prefeito

O PT lançou tambem as candidaturas ao Poder Legislativo:

Arlete Aparecida Garcia Machado – 13333;
Durvalina Gomes da Silva Garcia – 13456;
Beatriz Soares Nogueira – 13310;
Alex Lapenta – 13000;
Gilmar Biu de Farias – 13013;
Willian Sancler Lopes Chaves – 13123;
José Ivan de Souza – 13789;
Josué de Souza Justino- 13190.

Noroeste Paulista, Araçaruba – Inauguração da Havan está prevista para 26 de maio

Vania Grossi

O diretor-presidente do grupo Havan, com sede em Brusque, Santa Catarina, Luciano Hang, esteve ontem em Araçatuba para apresentar ao prefeito Cido Sério (PT) e à comunidade empresarial local o projeto da unidade da Havan que está sendo construída na cidade. As obras tiveram início em fevereiro e, segundo Hang, devem ser concluídas no dia 26 de maio, quando será inaugurada. A loja de Araçatuba é a segunda da rede no Estado de São Paulo. A primeira filial foi inaugurada em janeiro deste ano na cidade de Presidente Prudente.”Procuramos investir em cidades que estão de braços abertos para o desenvolvimento. Por isso optamos por Araçatuba para receber a segunda loja”, afirmou o diretor-presidente do grupo Havan. A unidade de Araçatuba está sendo construída em uma área de mais de 10 mil metros quadrados, às margens da avenida dos Araçás, região central da cidade.

No começo do mês passado, a empresa NB Terraplenagem deu início ao trabalho de limpeza e terraplenagem do local. Nesta semana, começaram a ser instaladas as primeiras estacas do prédio de dois andares. O investimento da rede na cidade deve ser superior a R$ 20 milhões. “Nós não viemos para Araçatuba para dividir, viemos para somar. Queremos atrair para a cidade a população de toda a região”, emendou Luciano Hang.

Durante a construção do prédio deverão ser gerados 300 empregos indiretos. Após a conclusão da obra, Hang acredita que inicialmente outros 200 empregos diretos serão gerados.

A Havan abriu um banco de talentos para que os interessados em trabalhar na unidade local possam encaminhar currículos. Atualmente a rede de lojas de departamentos possui 36 filiais e pretende inaugurar mais 14 durante o ano de 2012, finalizando o ano com 50 lojas em diversos estados do Brasil.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Farias disse que a Havan chega a Araçatuba num dos melhores momentos econômicos da cidade dos últimos anos. “Araçatuba ganha um presente marcante para sua história”, disse Farias se referindo à vinda da Havan para o município.

ESTRUTURA
Segundo Luciano Hang a Havan de Araçatuba terá dois pavimentos. O primeiro será exclusivo para o estacionamento, todo coberto, e o segundo andar reservado somente para a área de compras, totalizando aproximadamente 10 mil metros quadrados de área construída. A ligação entre um andar e outro será feito por meio de escada rolante. A fachada do prédio será toda de vidro, com visão para a avenida dos Araçás. O mesmo prédio irá abrigar uma cafeteria. Serão comercializados aproximadamente 100 mil itens nacionais e importados. Hoje, a Havan possui 20 lojas em Santa Catarina e 17 no Paraná. A previsão do grupo é fechar o ano de 2012 com 50 lojas em funcionamento.

DEPARTAMENTOS
Conforme material divulgado pela assessoria de imprensa do grupo, a Havan é apontada como a maior rede de lojas de departamentos do Brasil, com matriz na cidade de Brusque/SC . As 38 lojas juntas geram cerca de 6 mil empregos.

Conselho Municipal de Políticas Culturais…Governo Petista: sou mais Araçatuba.

 

Hélio Consolaro*

 
Posse do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Araçatuba
em 26/10/2011 no auditório do gabinete do prefeito Cido Sério

Na última terça-feira, 8/11, houve eleição da presidência do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Araçatuba (CMPCA), da qual, como secretário municipal de Cultura, saí presidente, acumulando funções.
O CMPCA é diferenciado em relação aos demais (dezenas deles) conselhos. Posso dizer que é o mais consciente e mais político deles, possui 41 membros. Não é paritário, embora nele os segmentos culturais estejam proporcionalmente contemplados.
É bom dizer, para que tenhamos a dimensão de tais instâncias, que eles fazem parte do Poder Executivo. Quanto mais aberto e deliberativo for, significa que o prefeito está abrindo mão de seus poderes, dividindo-os com um coletivo. Nenhum conselho tem CNPJ próprio, não se trata de uma entidade. Eles participam do organograma de suas respectivas secretarias.
No biênio 2007-2008, participei do antigo “conselhinho” da Cultura. Ele tinha em torno de 10 membros. E não era deliberativo, como o atual. O prefeito da época não dava importância a tais instâncias. O maior feito dele foi montar a Conferência Municipal de Cultura, uma instância de discussão da cultura de Araçatuba, cujo maior feito foi a elaboração da “Carta aos candidatos a prefeito de 2008”, que foi adotada pelo prefeito Cido Sério (PT), inclusive me chamando para ser seu secretário e aplicá-la como havíamos planejado.
Se o CMPCA tem todo esse gás, trata-se de uma cidadania cultural que vem sendo formada desde 2004, quando eu era presidente da Academia Araçatubense de Letras, e montamos o Fórum Cultural, que começou a fazer o Barracão Cultural na Expô, e também fez uma carta aos candidatos. Conseguimos, naquela época, que a antiga Secretaria Municipal de Cultura, que tinha sido rebaixada a departamento pelo prefeito Maluly Neto no seu primeiro mandato fosse transformado novamente em secretaria.
Podemos dizer que boa parte do conteúdo da “Carta aos candidatos” foi adotada pelo prefeito Cido Sério (PT). Estamos num momento em que a Câmara Municipal de Araçatuba discute em suas comissões quatro projetos de leis importantíssimos: criação do Fundo Municipal de Apoio à Cultura (600 mil para projetos culturais de artistas e entidades), da lei de incentivo fiscal (a nossa Rouanet municipal), a lei do tombo e, por último, o projeto que cria o sistema municipal de cultura. Atravessamos um momento bom na cultura de Araçatuba. O foco deve ser esse e não se perder em futricas e pichações nas redes sociais, fazendo tempestade em copo d’água.
Diante disso, troquei idéias com o prefeito Cido Sério (PT), para formar uma coordenação partidariamente neutra para atravessar o pleito eleitoral que se avizinha. Ele me disse: “A criatura é sua, eu apenas dei o sopro de vida a ela, mandando para a Câmara Municipal projeto de lei elaborado por vocês”.
Não consegui, porque os neutros perceberam quão difícil seria conduzir o CMPCA diante do clima de guerra que fora instalado. A partidarização ficou evidente.
Então, combinamos: caso não conseguíssemos essa coordenação mais neutra, eu seria presidente, nem que fosse provisoriamente, mas também foi tratado que a vice-presidente Margareth Martins teria (como terá) uma função muito importante, representando a presidência em situações em que o acúmulo de funções fosse gerar excesso de poder.
E assim ocorreu. Nunca desejei isso. É um desafio da função que ocupo posto pela realidade. Espero levar o barco para zonas menos turbulentas.

*Hélio Consolaro é professor, jornalista, escritor. Atualmente é secretário municipal de Cultura de Araçatuba-SP

Governo Petista é assim. Conferência inédita mobiliza jovens de Araçatuba

Participação Popular, mobilização, cidadania, organização da juventude, respeito e apoio ao Conselho Tutelar, valorização da cultura e dos agentes culturais, são algumas das características que marcam os governos petistas. O prefeito Cido Sério – PT, da visinha Araçatuba tem se firmado dia à dia, cada vez mais, como a grande liderança do PT no Noroeste Paulista com uma receita simples, o modo petista de governar.

Fiel aos princípios partidários, Cido Sério governa participando diretamente dos debates com a juventude, seu secretáriado segue o exemplo e a sociedade civil responde. O acumulo de força tem apresentado resultados visíveis traduzidos em políticas públicas e investimentos que tem permitido resgatar a cidade depois de anos seguidos de decadência e abandono pelos antigos governos municipais conservadores.

Lendo a matéria publicada no sitio da Secretaria de Assistência Social de fica fácil compreender quando digo, sou mais Araçatuba,

A primeira Conferência Municipal de Políticas Públicas de Juventude, realizada em Araçatuba nesta sexta-feira (16), foi um marco na história da participação popular no município. Além do ineditismo da ação, o evento contou com participação de vários setores da juventude local e reuniu 220 pessoas, principalmente jovens com idades entre 15 e 29 anos.

Organizada pela Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Participação Cidadã, a conferência serviu para que os jovens elaborassem e discutissem propostas para o segmento, em áreas como esporte, cultura, transporte, educação e comunicação. Na oportunidade, também foram eleitos 25 delegados que vão defender as sugestões municipais na Conferência Regional, que vai ocorrer em outubro, em Birigui.

Depois dessa fase, haverá a Conferência Estadual e, posteriormente, a Nacional. Estiveram presentes no encontro de Araçatuba, que foi realizado no Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), o prefeito Cido Sério, os secretários municipais Alex Lapenta (Participação Cidadã) e Cidinha Lacerda (Assistência Social), o conselheiro tutelar Indalécio Adriano de Lima, e os vereadores Rivael Papinha e Durvalina Garcia.

PARTICIPAÇÃO

Na oportunidade, Cido Sério destacou as ações do Governo Municipal no que diz respeito à efetivação de direitos e participação do segmento pós-adolescente, com destaque para o fortalecimento do programa Ação Jovem e o estímulo à participação dos jovens na discussão das políticas públicas municipais.

Já o secretário Alex Lapenta disse que, para a realização da conferência, o trabalho de mobilização foi muito democrático, com o envolvimento de organizações políticas, grupos e entidades. Ele afirmou também que a realização das conferências e o fortalecimento dos conselhos municipais são formas de a Prefeitura criar no município a “cultura da participação”.

“Com esta conferência, por exemplo, estimulamos os jovens para que se apropriem dos mecanismos de participação e auxiliem o município na construção de políticas públicas”, afirmou o secretário. Lapenta ainda disse que, devido à mobilização e intensa participação dos jovens na conferência, a Secretaria de Participação Cidadã vai propor a criação do Conselho Municipal de Juventude.


PROPOSTAS

A palestra do evento ficou por conta do membro da Comissão Organizadora Estadual da 2ª Conferência de Juventude de São Paulo, Ricardo de Faria Silva. Na oportunidade, ele falou sobre temas relacionados à juventude, como ênfase para a realização de conferências, legislação, criação de conselhos e mobilização social.

Depois da palestra, os participantes da conferência foram reunidos em grupos que discutiram propostas dentro dos seguintes temas: “Direito ao Desenvolvimento Integral”, “Direito ao Território”, “Direito à Experimentação e Qualidade de Vida”, “Direito à Diversidade e Vida Segura” e “Direito à Participação”.

Os jovens propuseram, entre outras sugestões, a permissão para dirigir a partir dos 16 anos de idade; facilitação do acesso à internet, por meio de banda larga gratuita; estímulo dos governos para que sejam criadas emissoras de rádio e TV com programação voltada à juventude; incentivo, por parte dos governos, ao empreendedorismo dos jovens; descentralização e revitalização de centros esportivos e de lazer.

Fonte:  Secretaria de Assistência Social de Araçatuba

Noroeste Paulista. Dilma Rousseff lança pedra fundamental de estaleiro em Araçatuba

A presidente e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, chegaram na manhã desta terça-feira no noroeste paulista; aproveitamento da hidrovia Tietê-Paraná deve melhorar

A presidente Dilma Rousseff chegou a Araçatuba, na manhã desta terça-feira (13). Ela participa da inauguração de obras do estaleiro, que deve gerar mais de 2 mil empregos diretos e indiretos. Dilma está acompanhada do governador Geraldo Alckmin e políticos da região.

Guilherme Marcon / TV Tem

Dilma acena na chegada a Araçatuba

OBRAS – O estaleiro deve ficar pronto no ano que vem, mas entra em funcionamento em 2013. O diretor de projetos da empresa que será responsável pela obra visitou o terreno onde o terminal será construído. O objetivo é facilitar o transporte de etanol pela hidrovia Tietê-Paraná. O terminal complementará o projeto para o escoamento do álcool produzido na região de Araçatuba. O município também terá um estaleiro onde serão construídos 20 comboios, cada um formado por um empurrador e 4 barcaças, que farão o transporte do álcool.

As obras devem começar no segundo semestre desde ano. Um investimento de mais de R$ 430 milhões, que deve gerar mais de 500 empregos. De acordo com o prefeito de Araçatuba, Cido Sério, a preocupação agora é qualificar esses trabalhadores.

IMPORTÂNCIA DO ESTALEIRO – O estaleiro é de grande importância para o desenvolvimento econômico do interior. Principalmente para o escoamento do etanol produzido no noroeste paulista. Com o estaleiro, o aproveitamento da hidrovia Tietê-Paraná deve melhorar. Apesar de ligar três regiões estratégicas do país, o canal é pouco utilizado. Águas tranquilas, próprias para a navegação. A hidrovia Tietê-Paraná interliga as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, os principais pólos do agronegócio no País.

A hidrovia permite a navegação pelo Rio Piracicaba a partir do encontro com o Tietê. Pelo Tietê, do rio Paraná até a cidade de Conchas. Pelo Paranaíba, desde a Hidrelétrica de São Simão, até o rio Paraná. Pelo rio Grande, desde a usina de Água Vermelha, também até o Paraná. Pelo próprio rio Paraná, desde o encontro do rio Grande com o Paranaíba, até a usina de Itaipu. E pelo canal de Pereira Barreto, que liga a barragem da hidrelétrica de Três Irmãos ao rio São José dos Dourados. São mais de 2 mil quilômetros de rios e canais. Uma alternativa barata para escoar a produção de etanol da região.

Transportar o etanol pela hidrovia é muito mais barato que pelas rodovias. O custo do frete, por exemplo, chega a ser três vezes menor. Uma embarcação pode substituir 180 caminhões. Apesar das vantagens, a hidrovia vem sendo pouco utilizada. Atualmente, apenas barcaças de grãos, como soja e milho, atravessam essas águas. O que representa o uso de apenas 12% da capacidade de transporte. A implantação do estaleiro tem o objetivo de mudar essa situação. Os empurradores e barcaças que vão ser construídos em Araçatuba devem transportar até 4 bilhões de litros de etanol por ano. A revitalização da hidrovia é um investimento de R$ 430 milhões.

Após o lançamento da pedra fundamental, a concessionária responsável pela construção do estaleiro tem um ano para entregar o primeiro comboio. A partir daí, a previsão é que um novo conjunto de empurrador e barcaças seja entregue a cada 60 dias até a conclusão do projeto em 2015.

Publicado originalmente no Tem Notícias

Dilma Rousseff segue nesta terça (13) para as cidades de Araçatuba (SP) e São Paulo

A presidenta Dilma Rousseff embarca nesta terça-feira, às 9h30, para Araçatuba (SP), onde participa, às 11h, da cerimônia de lançamento da pedra fundamental do Estaleiro Rio Tietê, no Parque Portuário de Araçatuba.

Às 13h, embarca para São Paulo e participa, às 14h30, da solenidade de assinatura do termo aditivo ao convênio de apoio financeiro para a construção do Rodoanel de São Paulo – Trecho Norte, no Palácio dos Bandeirantes.

O retorno para Brasília está previsto para as 18h10, no Aeroporto de Congonhas.

Agenda da Presidenta

Agenda da senhora Presidenta da República, Dilma Rousseff – 13/09/2011

Brasão da República
Presidência da República

AGENDA DA SENHORA PRESIDENTA DA REPÚBLICA

Terça-feira
13 de setembro de 2011


09h30   – Partida para Araçatuba (SP)
.                Base Aérea de Brasília (DF)

10h30   – Chegada a Araçatuba
.                Aeroporto Dario Guarita

11h        – Cerimônia de lançamento da pedra fundamental do
.                 Estaleiro Rio Tietê
.                 Parque Portuário de Araçatuba

13h        – Partida para São Paulo (SP)
.                Aeroporto Dario Guarita

13h50   – Chegada a São Paulo
.                Aeroporto de Congonhas

14h30   – Cerimônia de assinatura do termo aditivo ao convênio de
.                apoio financeiro nº 04/99 para construção do Rodoanel de
.                São Paulo – Trecho Norte
.                Palácio dos Bandeirantes

16h30   – Partida para Brasília
.                Aeroporto de Congonhas

18h10   – Chegada a Brasília
.                Base Aérea de Brasília

Fonte: Presidência da República

DILMA, 3ª FEIRA DIA 13, EM ARAÇATUBA. CONFIRMADO

A presidente Dilma Roussef estará terça-feira em Araçatuba para lançamento das obras do Estaleiro Rio Tietê. Os convites eletrônicos foram enviados ontem à noite pela Transpetro, confirmando a presença da presidente, conforme O LIBERAL REGIONAL já havia noticiado com exclusividade na semana passada. A cerimônia, para aproximadamente mil pessoas, está marcada para as 14h30, no canteiro de obras. Detalhes da chegada da presidente não foram divulgados.

Desde o ano passado o prefeito Cido Sério vem trabalhando para trazer a presidente da República para lançamento do empreendimento. No final do ano passado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva demonstrou interesse em visitar a cidade, mas devido a problemas de agenda não foi possível. Este ano, o prefeito voltou a Brasília e convidou a presidente, que no ano passado, como ministra-chefe da Casa Civil, esteve em Araçatuba e assinou a abertura do processo licitatório para construção de 20 comboios (80 barcaças e 20 empurradores).

Há aproximadamente 15 dias a equipe do Palácio do Planato esteve em Araçatuba para os primeiros contatos. Desde a semana passada há pessoas preparando a visita da presidente, que poderia ser agora ou no final de outubro. Porém, com o envio dos convites pela Transpetro, foi confirmada a presença na próxima terça-feira, às 14h30.

HISTÓRIA
O último presidente que esteve em Araçatuba foi o general João Batista de Oliveira Figueiredo, em 1979, ano de sua posse. Figueiredo foi o último presidente do regime militar. Portanto, há mais de três décadas Araçatuba não recebe a visita de um presidente.

com informações de: O Liberal via Ninho da Vespa

%d blogueiros gostam disto: