Governador Jaques Wagner – PT diz que demissão de Florence “foi um golpe na Bahia”

O governador Jaques Wagner (PT) criticou a demissão do deputado federal Afonso Florence (PT) do Ministério do Desenvolvimento Agrário na última sexta-feira. “Foi um golpe na Bahia. Mas é óbvio que não vou abalar minha relação com a presidente Dilma Rousseff”, disse Wagner, em entrevista coletiva em Irecê, no sábado, onde autorizou obras de asfaltamento. “A gente não se contenta nem se conforma com a saída dele (Afonso Florence). Não vejo nenhum motivo para sua saída. Creio que ela (Dilma) fez isso por questão mais política e não de gestão”, argumentou. O governador registrou ainda que a Bahia tem a quarta população maior do País, é um estado que tem um “grande carinho” pelo governo federal e, por isso, deveria ser reconhecido de outra forma.

(Com informações do Irecê Repórter)

Anúncios

Afonso Bandeira Florence é mestre em história social.

Afonso Bandeira Florence é mestre em história social. Ex-secretário de desenvolvimento urbano, é militante do PT na Bahia. Deputado petista leva envolvimento com causas sociais para ministério.

Afonso FlorenceAfonso Florence é militante histórico do PT na
Bahia (Foto: Divulgação)

Afonso Bandeira Florence levará para o Ministério do Desenvolvimento Agrário sua trajetória de envolvimento em causas sociais e o histórico de pesquisador das lutas antiescravagistas. Mestre em história social, é considerado um militante histórico do PT na Bahia. Florence é da tendência democrática socialista do PT.

No governo da Bahia, exerceu o cargo de Secretário de Desenvolvimento Urbano durante a gestão de Jacques Wagner, quando coordenou o programa habitacional Casa da Gente. Trabalhou também na execução do programa Água para Todos no estado.

Também é ex-diretor do Centro de Estudos Afro-Orientais (Ceao), onde foi pesquisador durante 18 anos. É professor licenciado da Universidade Católica do Salvador.

Afonso é casado e pai de dois filhos. Filho de professores da rede pública estadual, estudou história na UFBA.  Esteve à frente do Centro Acadêmico de História e logo após presidiu o DCE da UFBA. Servidor da UFBA, Afonso Florence se envolveu intensamente com a organização sindical e a vida acadêmica.

Do G1, em Brasília

A presidente eleita, Dilma Rousseff, confirmou nesta manhã, por meio de nota oficial, Afonso Florence para MDA e Iriny Lopes para Secretaria das Mulheres

A presidente eleita, Dilma Rousseff, convidou a deputada Iriny Lopes (PT-ES) para comandar a Secretaria das Mulheres e o deputado eleito Afonso Florence (PT-BA) para o Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Natural de Salvador, Florence tem 60 anos e elegeu-se deputado federal em outubro. Ele foi secretário de Desenvolvimento Urbano no governo do petista Jaques Wagner. A escolha de Florence representa uma vitória da corrente de esquerda do PT, Democracia Socialista (DS), que havia se rebelado contra a indicação de Maria Lúcia Falcón (PT) para a pasta. Ela tinha o apoio dos governadores da Bahia, Jaques Wagner (PT), e de Sergipe, Marcelo Déda (PT).

A DS não se conformava em perder o controle do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), atualmente conduzido pelo ministro Guilherme Cassel. Seu antecessor no cargo foi Miguel Rosseto. Os dois gaúchos foram indicados pela Democracia Socialista.

Aos 54 anos, Iriny Lopes reelegeu-se em outubro para o seu terceiro mandato na Câmara dos Deputados. Membro da Executiva Nacional do PT, ela foi presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), em 2005, e integrou o Conselho de Ética. Ela foi relatora do processo que culminou na cassação do ex-deputado André Luiz, do Rio de Janeiro, flagrado num diálogo em que tentava extorquir R$ 4 milhões do empresário de jogos Carlos Cachoeira. Em 2009 Iriny concorreu a presidencia do PT nacional pela chapa Esquerda Socialista por indicação da AE Articulação de Esquerda, corrente interna do PT.

O PT ficará com quase a metade das pastas da Esplanada –17. Também controlará o maior orçamento livre, R$ 56 bilhões em valores de 2010. O PMDB, do vice Michel Temer, ficou com seis pastas.

O PSB fechou sua cota sem conseguir aumentar seu espaço. Ciro Gomes também não entrou no primeiro escalão.

Na negociação, prevaleceu um dos desenhos iniciais, com duas pastas. Na Integração, com Bezerra Coelho, indicado pelo governador de Pernambuco e presidente do partido, Eduardo Campos, e Portos com Cristino, indicado por Cid Gomes.

A negociação com o PSB conseguiu ser mais difícil e demorada que as conversas para acomodar o PMDB. Tanto que, nos momentos finais das negociações, Dilma decidiu não juntar a secretaria de Portos com o setor aéreo, como esperava o PSB.

Confira o ministério de Dilma:

PT
Guido Mantega (Fazenda)
Alozio Mercadante (Ciência e Tecnologia)
Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral)
José Eduardo Cardozo (Justiça)
Antonio Palocci (Casa Civil)
Paulo Bernardo (Comunicações)
Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio)
Miriam Belchior (Planejamento)
Ideli Salvatti (Pesca)
Maria do Rosário (Direitos Humanos)
Fernando Haddad (Educação)
Alexandre Padilha (Saúde)
Luiza Bairros (Igualdade Racial)
Tereza Campelo (Desenvolvimento Social)
Luiz Sérgio (Secretaria de Relações Institucionais)

Afonso Florence (Desenvolvimento Agrário)

Iriny Lopes (Secretaria de Mulheres)

PMDB
Wagner Rossi (Agricultura)
Pedro Novais (Turismo)
Garibaldi Alves (Previdência)
Edson Lobão (Minas e Energia)
Moreira Franco (Secretaria de Assuntos Estratégicos)
Nelson Jobim (Defesa) – Cota pessoal

PR
Alfredo Nascimento (Transportes)

PDT
Carlos Lupi (Trabalho)

PP
Mário Negromonte (Cidades)

PC do B
Orlando Silva (Esporte)

PSB
Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional)
Leônidas Cristiano (Portos)

Sem filiação partidária
Alexandre Tombini (Banco Central)
Helena Chagas (Comunicação Social)
Antonio Patriota (Relações Exteriores)
Izabella Teixeira (Meio Ambiente)
Ana de Hollanda (Cultura)
Luís Inácio Lucena Adams (Advocacia-Geral da União)
Jorge Hage (Controladoria-Geral da União)
José Elito Carvalho Siqueira (Gabinete da Segurança Institucional)

Fontes: folha.com – Poder e estadao.com

Popó herda vaga na Câmara após Negromonte ser confirmado como ministro de Dilma

Com a indicação nesta segunda-feira do deputado federal Mário Negromonte (PP-BA) para o Ministério das Cidades, ex-boxeador Acelino Freitas, o Popó (PRB), vai herdar uma vaga na Câmara dos Deputados.

Alan Marques – 12.jun.2006/Folhapress
Popó herda vaga na Câmara após Negromonte ser confirmado como ministro
Popó herda vaga na Câmara após Negromonte ser confirmado como ministro

Ele é o primeiro suplente da coligação, utilizou nas urnas o número 1.000 e obteve 60.338 votos. “Quem já viu? A nossa presidente Dilma confirmou Negromonte como ministro oficialmente!”, disse Popó no Twitter.

“Nos próximos anos teremos Copa do Mundo e Olimpíadas. Esse é o momento do esporte brasileiro em forma de inclusão social, de trabalho. Agradeço aos mais de 60 mil eleitores que confiaram seus votos na minha história!”, reiterou.

Popó disse que fará o que sabe de melhor: lutar. “Agora tenho a honra de não só representar, mas trabalhar com mais forças para o povo. Vou fazer o que sei de melhor: lutar! Agora por vocês! Dedico essa vitória a Deus, a minha família, aos meus amigos, e com destaque a todos os meus eleitores!”

Fonte: folha.com – Poder

Cartilha do PT faz balanço das eleições 2010. Os números e avalições do PT em todo Brasil.

5 governadores, 88 deputados federais, 149 deputados estaduais e 14 senadores foram eleitos pelo PT em 2010.

Escrito em 22 de novembro de 2010, às 16:48

Esses números mostram a consolidação da força de um partido que, nascido a partir daqueles que eram até então esquecidos pelo poder público, hoje tem a plena capacidade de ajudar os mais pobres como nenhum outro, tal como vem fazendo nos últimos oito anos.

Para mostrar mais sobre os resultados concretos dessa atuação, a cartilha “O Brasil vai seguir mudando com Dilma” traz um balanço completo do desempenho do Partido dos Trabalhadores em todo o país nestas eleições. São 65 páginas repletas de imagens e gráficos que mostram por que nosso esforço sempre vale a pena diante do reconhecimento do povo brasileiro.

Vale a pena consultar a cartilha. Clique aqui para fazer o download. CADERNOeleicoes_2T_2010-11-19 

Fonte: www.pauloteixeira13.com.br

Eleições 2010 Governador – Resultado Final em cada Estado e Região, 1º e 2º Turnos

REGIÃO NORTE
ELEIÇÕES 2010 ACRE – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Eleito 170.202 50,51%    
  165.705 49,18%    
           
ELEIÇÕES 2010 AMAPÁ – GOVERNADOR
    1º TURNO 2º TURNO
clas nome (partido) votos % votos %
Eleito 95.328 28,68%
170.277
53,77%
  93.695 28,19%    
2º Turno 96.165 28,93%
146.383
46,23%
           
ELEIÇÕES 2010 AMAZONAS – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Eleito 943.955 63,87%    
  382.935 25,91%    
  138.281 9,36%    
           
ELEIÇÕES 2010 PARÁ – GOVERNADOR
    1º TURNO 2º TURNO
clas nome (partido) votos % votos %
Eleito 1.720.631 48,92%
1.860.799
55,74%
  380.331 10,81%    
2º Turno 1.267.981 36,05%
1.477.609
44,26%
           
ELEIÇÕES 2010 RONDONIA – GOVERNADOR
    1º TURNO 2º TURNO
clas nome (partido) votos % votos %
Eleito 291.765 43,99%
422.707
58,68%
  120.462 18,16%    
2º Turno 246.350 37,14%
297.674
41,32%
           
ELEIÇÕES 2010 RORAIMA – GOVERNADOR
    1º TURNO 2º TURNO
clas nome (partido) votos % votos %
Eleito 99.124 45,03%
107.466
50,41%
  14.063 6,39%    
2º Turno 104.804 47,62%
105.707
49,59%
           
ELEIÇÕES 2010 TOCANTINS – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Eleito Siqueira Campos (PSDB) 349.592 50,52%    
  Carlos Gaguim (PMDB) 342.429 49,48%    
           
REGIÃO NORDESTE
ELEIÇÕES 2010 ALAGOAS – GOVERNADOR
    1º TURNO 2º TURNO
clas nome (partido) votos % votos %
Eleito 534.962 39,58%
712.789
52,74%
  389.337 28,81%    
2º Turno 394.155 29,16%
638.762
47,26%
           
ELEIÇÕES 2010 BAHIA – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Reeleito Wagner (PT) 4.101.270 63,83%    
  Paulo Souto (DEM) 1.033.600 16,09%    
  Geddel Vieira Lima (PMDB) 1.000.038 15,56%    
  Bassuma (PV) 253.523 3,95%    
           
ELEIÇÕES 2010 CEARÁ – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Reeleito Cid Gomes (PSB) 2.436.940 61,27%    
  Marcos Cals (PSDB) 775.852 19,51%    
  Lucio Alcantara (PR) 654.035 16,44%    
           
ELEIÇÕES 2010 MARANHÃO – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Reeleita Roseana (PMDB) 1.459.792 50,08%    
  Flávio Dino (PC do B) 859.402 29,49%    
  Jackson Lago (PDT) 569.412 19,54%    
           
ELEIÇÕES 2010 PARAIBA – GOVERNADOR
    1º TURNO 2º TURNO
clas nome (partido) votos % votos %
Eleito 942.121 49,74%
1.079.164
53,70%
  12.471 0,66%    
2º Turno 933.754 49,30%
930.331
46,30%
           
ELEIÇÕES 2010 PERNAMBUCO – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Reeleito Eduardo Campos (PSB) 3.450.874 82,84%    
  Jarbas (PMDB) 585.724 14,06%    
           
ELEIÇÕES 2010 PIAUÍ – GOVERNADOR
    1º TURNO 2º TURNO
clas nome (partido) votos % votos %
Eleito 725.563 46,37%
921.313
58,93%
  337.028 21,54%    
2º Turno 470.660 30,08%
642.165
41,07%
           
ELEIÇÕES 2010 RIO GRANDE DO NORTE – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Eleita Rosalba Ciarlini (DEM) 813.813 52,46%    
  Ibere (PSB) 562.256 36,25%    
  Carlos Eduardo (PDT) 160.828 10,37%    
           
ELEIÇÕES 2010 SERGIPE – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Reeleito Deda (PT) 537.223 52,08%    
  João Alves (DEM) 466.219 45,19%    
           
REGIÃO CENTRO OESTE
ELEIÇÕES 2010 DISTRITO FEDERAL – GOVERNADOR
    1º TURNO 2º TURNO
clas nome (partido) votos % votos %
Eleito 676.394 48,41%
875.612
66,10%
  199.095 14,25%    
2º Turno 440.128 31,50%
449.110
33,90%
           
ELEIÇÕES 2010 GOIAS – GOVERNADOR
    1º TURNO 2º TURNO
clas nome (partido) votos % votos %
Eleito 1.400.227 46,33%
1.551.132
52,99%
  502.462 16,62%    
2º Turno 1.099.552 36,38%
1.376.188
47,01%
           
ELEIÇÕES 2010 MATO GROSSO – GOVERNADOR    
  Nome (partido) votos %    
Eleito Silval Barbosa (PMDB) 759.805 51,21%    
  Mauro Mendes (PSB) 472.475 31,85%    
  Wilson Santos (PSDB) 245.527 16,55%    
           
ELEIÇÕES 2010 M GROSSO DO SUL 1º TURNO – GOVERNADOR    
  Nome (partido) votos %    
Reeleito Andre Puccinelli (PMDB) 704.407 56%    
  Zeca do Pt (PT) 534.601 42,50%    
           
REGIÃO SUDESTE
ELEIÇÕES 2010 ESPIRITO SANTO – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Eleito Renato Casagrande (PSB) 1.502.070 82,30%    
  Luiz Paulo (PSDB) 282.910 15,50%    
           
ELEIÇÕES 2010 MINAS GERAIS – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Eleito Antonio Anastasia (PSDB) 6.275.520 62,72%    
  Helio Costa (PMDB) 3.419.622 34,18%    
  Zé Fernando Aparecido (PV) 234.125 2,34%    
 
 
       
ELEIÇÕES 2010 RIO DE JANEIRO – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Reeleito Sergio Cabral (PMDB) 5.217.972 66,08%    
  Gabeira (PV) 1.632.671 20,68%    
  Fernando Peregrino (PR) 853.220 10,81%    
           
ELEIÇÕES 2010 SÃO PAULO – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Eleito Geraldo Alckmin (PSDB) 11.519.314 50,63%    
  Aloizio Mercadante (PT) 8.016.866 35,23%    
  Celso Russomanno (PP) 1.233.897 5,42%    
  Skaf (PSB) 1.038.430 4,56%    
  Fabio Feldmann (PV) 940.379 4,13%    
           
REGIÃO SUL
ELEIÇÕES 2010 PARANÁ – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Eleito Beto Richa (PSDB) 3.039.774 52,44%    
  Osmar Dias (PDT) 2.645.341 45,63%    
           
ELEIÇÕES 2010 RIO GRANDE DO SUL – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Eleito Tarso Genro (PT) 3.416.460 54,35%    
  Fogaça (PMDB) 1.554.836 24,74%    
  Yeda Crusius (PSDB) 1.156.386 18,40%    
           
ELEIÇÕES 2010 SANTA CATARINA – GOVERNADOR    
clas nome (partido) votos %    
Eleito Raimundo Colombo (DEM) 1.815.304 52,72%    
  Angela Amin (PP) 857.698 24,91%    
  Ideli Salvatti (PT) 754.223 21,90%    

Eleições 2010 Bahia – Resultado 1º Turno, os eleitos.

ELEIÇÕES 2010 BAHIA – PRESIDENTE DA REPÚBLICA
clas nome (partido) votos %
2º Turno Dilma (PT) 4.188.099 62,62%
2º Turno José Serra (PSDB) 1.403.153 20,98%
  Marina Silva (PV) 1.052.674 15,74%
       
ELEIÇÕES 2010 BAHIA – SENADORES
clas nome (partido) votos %
Eleito Walter Pinheiro (PT) 3.630.944 31%
Eleito Lidice (PSB) 3.385.300 28,90%
  Cesar Borges (PR) 1.583.423 13,52%
  José Ronaldo (DEM) 1.092.850 9,33%
  Aleluia (DEM) 951.199 8,12%
  Edvaldo Brito (PTB) 810.261 6,92%
       
ELEIÇÕES 2010 BAHIA – DEPUTADOS FEDERAIS
clas nome (partido) votos %
1 Acm Neto (DEM) 328.450 4,91%
2 Lucio Vieira Lima (PMDB) 221.616 3,32%
3 Rui Costa (PT) 212.157 3,17%
4 João Leão (PP) 203.604 3,05%
5 Pelegrino (PT) 202.798 3,03%
6 Mário Negromonte (PP) 169.209 2,53%
7 Márcio Marinho (PRB) 157.917 2,36%
8 Felix Jr (PDT) 148.885 2,23%
9 Afonso (PT) 143.795 2,15%
10 Daniel Almeida (PC do B) 135.817 2,03%
11 Valmir Assunção (PT) 132.999 1,99%
12 Antonio Imbassahy (PSDB) 112.630 1,69%
13 Jutahy Magalhães Júnior (PSDB) 110.268 1,65%
14 Zézeu (PT) 109.109 1,63%
15 Edson Pimenta (PC do B) 103.940 1,56%
16 Alice Portugal (PC do B) 101.588 1,52%
17 Waldenor (PT) 87.930 1,32%
18 Oziel Oliveira (PDT) 81.811 1,22%
19 Fernando Torres (DEM) 79.204 1,18%
20 Mauricio Trindade (PR) 77.335 1,16%
21 Geraldo Simões (PT) 75.977 1,14%
22 Joao Bacelar (PR) 75.327 1,13%
23 Arthur Maia (PMDB) 74.134 1,11%
24 Jose Rocha (PR) 73.935 1,11%
25 Claudio Cajado (DEM) 72.098 1,08%
26 Sergio Brito (PSC) 71.889 1,08%
27 José Nunes (DEM) 70.483 1,05%
28 Antonio Brito (PTB) 70.209 1,05%
29 Erivelton Santana (PSC) 69.765 1,04%
30 Josias Gomes (PT) 69.619 1,04%
31 69.564 1,04%
32 68.216 1,02%
33 68.025 1,02%
34 65.985 0,99%
35 64.126 0,96%
36 63.729 0,95%
37 63.686 0,95%
38 53.620 0,80%
39 41.585 0,62%
       
ELEIÇÕES 2010 BAHIA – GOVERNADOR
clas nome (partido) votos %
Reeleito 4.101.270 63,83%
  1.033.600 16,09%
  1.000.038 15,56%
  253.523 3,95%
       
ELEIÇÕES 2010 BAHIA – DEPUTADOS ESTADUAIS
clas nome (partido) votos %
1 139.794 2,06%
2 113.398 1,67%
3 101.816 1,50%
4 81.223 1,20%
5 79.858 1,18%
6 79.137 1,17%
7 75.873 1,12%
8 70.322 1,04%
9 70.122 1,03%
10 65.930 0,97%
11 65.297 0,96%
12 64.935 0,96%
13 63.013 0,93%
14 62.391 0,92%
15 62.386 0,92%
16 60.292 0,89%
17 59.456 0,88%
18 58.817 0,87%
19 58.059 0,86%
20 58.034 0,86%
21 57.900 0,85%
22 57.843 0,85%
23 56.896 0,84%
24 55.761 0,82%
25 55.721 0,82%
26 55.267 0,81%
27 53.792 0,79%
28 53.224 0,78%
29 52.255 0,77%
30 52.057 0,77%
31 50.469 0,74%
32 49.854 0,74%
33 47.298 0,70%
34 47.083 0,69%
35 46.990 0,69%
36 46.963 0,69%
37 46.796 0,69%
38 46.783 0,69%
39 46.723 0,69%
40 46.401 0,68%
41 46.296 0,68%
42 45.505 0,67%
43 45.265 0,67%
44 43.937 0,65%
45 43.588 0,64%
46 43.202 0,64%
47 42.927 0,63%
48 41.346 0,61%
49 40.992 0,60%
50 40.850 0,60%
51 40.666 0,60%
52 39.738 0,59%
53 39.254 0,58%
54 38.967 0,57%
55 38.825 0,57%
56 38.463 0,57%
57 38.406 0,57%
58 37.205 0,55%
59 36.141 0,53%
60 32.625 0,48%
61 31.062 0,46%
63 28.732 0,42%
64 25.932 0,38%
%d blogueiros gostam disto: