Ex-governador e ex-ministro, Waldir Pires será candidato a vereador em Salvador

Bob Fernandes

Ex-governador e ex-ministro da Defesa, Waldir Pires será candidato a vereador em Salvador. Aos 85 anos, incomodado com o que vê na capital baiana, “nos países e na sociedade humana”, Waldir decidiu disputar uma cadeira na Câmara Municipal.

– Não há como olhar para o espelho e admitir para si mesmo não participar das grandes preocupações. As capitais, a nossa capital, são ou deveriam ser um núcleo de organização da vida, de inclusão social… É uma oportunidade de dizer que tenho uma tarefa, que todos nós cidadãos temos uma tarefa política, por isso eu vou à luta. Salvador foi a cidade onde conheci o mar. Isso já é muito… – diz Waldir.

Terra Magazine – Acabo de saber que o senhor decidiu ser candidato a vereador em Salvador, pelo PT, mesmo depois de já ter sido governador, ministro da Defesa e controlador-geral da República? 
Waldir Pires – É verdade. Serei canditado a vereador nas próximas eleições.

Por quê?
Porque a vida política vive uma crise em toda parte, na nossa cidade, nos Estados, nos países, e me sinto impelido a atuar. Centenas de pessoas me perguntam se abandonei a política; quando não se tem um mandato, parece que não se está fazendo política ou se abandonou a cidadania para viver a vida de aposentado.

Não é o seu caso…
Não me desliguei da minha concepção de vida e de cidadania. Minha geração viveu toda a problemática do mundo e do nosso país. Comecei na política aos 16 anos, no final do secundário, lutando para o Brasil entrar na guerra contra o nazismo e o fascismo. Isso lá em Nazaré das Farinhas.

Mas por que, aos 85 anos, ser candidato a vereador, já tendo sido tudo que foi?
Porque não há como olhar para o espelho e admitir para si mesmo não participar das grandes preocupações. As capitais, a nossa capital, são ou deveriam ser um núcleo de organização da vida, de inclusão social… É uma oportunidade de dizer que tenho uma tarefa, que todos nós cidadãos temos uma tarefa política, por isso eu vou à luta. Salvador foi a cidade onde conheci o mar. Isso já é muito…

A propósito, se aprovada definitivamente a nova legislação da prefeitura e da Câmara, haverá sombra nas praias da cidade.
Se por um lado não podemos permitir que a beira-mar seja de interesse exclusivo de quem tem dinheiro, por outro não podemos de forma alguma ter muralhas que impeçam a passagem da luz, do ar, dos ventos, que encaixotem a cidade. Salvador é o oposto de qualquer disciplina imobiliária que convenha a todos, é pura especulação imobiliária, coisas absurdas.

Bota absurdo nisso…
…Charles de Gaulle, ao chegar ao poder em 1944-45, declarou de utilidade pública todas as áreas em torno de Paris, mas não para permitir a especulação, ao contrário, para impedir que Paris se tornassem uma Chicago, uma dessas grandes cidades, um amontoado imobiliário.

Então sua decisão de ser candidato a vereador é definitiva?
Decisão pessoal e definitiva. Não sou um aposentado na expressão que diminui. Estou bem de saúde, estou bem de alma e a política é a única forma de organizar a sociedade humana e preservar a civilização…

Fora isso…
Fora isso, é a barbárie e o exercício permanente do poder, seja pelo dinheiro ou pela opressão.

Então, o senhor, ao contrário de tantos, defende a política?
A política é uma afirmação da dignidade humana, da democracia. Não essa democracia formal e mentirosa. É a luta de sempre. A cidade, as cidades estão em decomposição, se esgarça a solidariedade social, é hora da política com P maiúsculo. Vamos à luta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: