Em péssima fase, com 3 expulsos, Ponte toma vareio do Santos por 6 X 1

Fora de casa, Ponte é superada pelo Santos, mas se mantém no G8

Ponte Preta jogou maior parte do segundo tempo com 9 jogadores e terminou o jogo com 8

Na noite desse sábado (25) a Ponte Preta foi superada pelo Santos na Arena Barueri pelo placar de 6 a 1. O gol da Ponte foi marcado por Uendel. Os donos da casa foram as redes com Neymar [2], Ganso, Guilherme (contra) e Edu Dracena [2]. Na segunda etapa do jogo a Ponte ficou com 8 jogadores em campo após as expulsões de Cicinho, Guilherme e Renato Cajá. Com o resultado, a Macaca ficou com 15 pontos, e manteve a 7º colocação, dentro do G8. A rodada termina no domingo.

O próximo compromisso da equipe alvinegra será na quinta-feira (01) contra Botafogo, às 21h, na cidade de Ribeirão Preto. A partida será válida pela 11º rodada do Campeonato Paulista 2012. A equipe adversária está atualmente na 18º colocação, com 6 pontos ganhos.

O Jogo:
Mesmo jogando fora de casa foi a Ponte quem atacou primeiro. Aos 2 minutos Cicinho carregou a bola pela direita, entrou na área e chutou da linha de fundo, acertando a rede pelo lado de fora. O Santos chegou aos 11, Neymar lançou para Ibson cara a cara com Lauro, mas o goleiro da Ponte saiu muito bem para fechar o ângulo e fazer a defesa. No lance seguinte, a Macaca saiu em contra ataque rápido, Cicinho cruzou da direita e Leandrão desviou por cima do gol.
Aos 17 minutos Borges recebeu na entrada da área e chutou desequilibrado para a defesa de Lauro. Aos 27, o Santos tocava bola no meio campo, Neymar recebeu o chutou forte, com curva, para abrir o placar para os donos da casa. 1 a 0 para o Santos.
Aos 34 minutos Neymar fez jogada pela esquerda e tocou para Borges, o atacante brigou com a zaga e conseguiu dar o toque para Ganso, dentro da pequena área empurrar para o gol. 2 a 0 para o Santos.
Aos 36, Neymar carregou em velocidade pelo meio e lançou para Borges pela direita, o atacante entrou na área e chutou para fora. Três minutos depois Neymar carregou pelo meio e arriscou de fora da área, mas a bola subiu de mais e passou por cima do travessão. Aos 41 minutos Rodrigo Pimpão recebeu pela esquerda, fez um belo drible em Fucile e chutou para fora. Sem mais lances de perigo, o primeiro tempo foi encerrado após 2 minutos de acréscimos.
Na volta do intervalo a Ponte voltou com uma alteração, William Magrão entrou no lugar de Xaves. Aos 6 minutos Renato Cajá fez um lançamento na medida para Uendel entrar na área e chutar na saída de Rafael e diminuir o placar. 2 a 1.
No lance seguinte, Ganso cruzou para Neymar chutar de dentro da área para a defesa de Lauro. Aos 9 minutos o técnico Gilson Kleina promoveu a segunda mudança na Ponte, Enrico entrou no lugar de Rodrigo Pimpão. Aos 11, Neymar cobrou escanteio da direita, Borges subiu e cabeceou forte, mas Lauro fez uma grande defesa no reflexo, na sobra, Guilherme tentou afastar, mas a bola explodiu em Ferron e entrou. 3 a 1 para o Santos.
Aos 13 minutos Neymar cobrou falta da esquerda levantando a bola para a área, o zagueiro Edu Dracena subiu mais alto do que a zaga pontepretana e desviou para o fundo do gol. 4 a 1 para o Santos.
Aos 16, Cicinho recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo, deixando a Ponte com 10 jogadores. Dois minutos depois Juan cruzou da esquerda e Neymar tentou de bicicleta para fora. Aos 21 minutos João Paulo cobrou falta com perigo e Rafael fez uma boa defesa. Um minuto depois Neymar ergueu a bola na área e Edu Dracena desviou de cabeça para o fundo do gol. 5 a 1 para o Santos.
Aos 24 minutos o lateral Guilherme também recebeu o segundo cartão amarelo e também foi expulso, Ponte com 9 em campo. Logo após o lance, a Ponte Preta mudou pela última vez, Gerson entrou no lugar de Leandrão. Aos 30, Ganso recebeu na área e tentou por cobertura, mas mandou por cima do gol. Dois minutos depois, Ganso arriscou de fora da área e Lauro fez uma grande defesa. No lance seguinte Ganso lançou para Neymar tocar na saída de Lauro para ampliar o placar. 6 a 1 para o Santos.
Aos 36 minutos Renato Cajá fez falta em Juan e também foi expulso de campo, deixando a equipe pontepretana com 8 jogadores. Aos 40, Ganso cobrou falta da entrada da área e Lauro fez a defesa. Na jogada seguinte Elano chutou de fora da área e Lauro fez mais uma grande defesa. Sem mais lances de perigo, o jogo foi encerrado sem acréscimos. 6 a 1 para o Santos.
Ficha Técnica:
Ponte Preta: Lauro; Guilherme, Ferron, Gian e Uendel; Xaves (William Magrão), João Paulo, Cicinho e Renato Cajá; Rodrigo Pimpão (Enrico) e Leandrão (Gerson). Técnico: Gilson Kleina.
Santos: Rafael; Fucile (Crystian), Durval, Edu Dracena e Juan; Henrique (Alan Kardec), Arouca, Ibson (Elano) e Ganso; Neymar e Borges. Técnico: Muricy Ramalho.
Data: 25/02/2012, sábado – 18h30.
Local: estádio Arena Barueri, em Barueri–SP.
Árbitro: Marcelo Rogério.
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo.
Cartões Amarelos: Xaves, Cicinho [2] e Guilherme [2] (Ponte Preta); Durval e Neymar (Santos).
Cartões Vermelhos: Cicinho, Guilherme e Renato Cajá (Ponte Preta).

Gols: Uendel (Ponte Preta); Neymar [2], Ganso, Guilherme (contra) e Edu Dracena [2] (Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: