PSOL cooptado?

 

Recebo a notícia que o PSOL mineiro estaria sofrendo forte pressão política. Recentemente, Jorge Periquito, ex-PRTB, foi filiado no partido. O presidente do PSOL mineiro justifica esta filiação afirmando que o partido deve crescer. O velho pragmatismo que atinge todo sistema partidário tupiniquim.

Em vários municípios, sou informado (BH, Betim, Sábara, Lagoa Santa, Ipatinga), o PSOL passou a ser controlado pelo DEM e antigos filiados ao PRTB. Periquito utilizaria a Utramig como escritório do partido, sendo seu chefe de gabinete (Ilton Câmara) o responsável por expandir o partido nas cidades do interior.

Uma nota pública assinada por Robinson Ayres (PSOL-Ipatinga) sustenta o seguinte:
A Executiva Nacional do PSOL realizou na quinta feira (13/10),  em São Paulo,  reunião  extraordinária em que tomou as decisões e as iniciativas necessárias para impedir que o PSOL mineiro fosse invadido por filiados do PRTB, do DEM  e de outros Partidos da Direita, movimento orquestrado por membros do governo Anastásia, cujos principais operadores fazem da UTRAMIG seu quartel general.
Jorge Periquito, ex-candidato a prefeito de Belo Horizonte, pelo PRTB, nas últimas eleições, e Ilton Câmara, que também foi candidato a Prefeito, pelo PRTB, nas eleições extraordinárias realizadas, em Ipatinga, no ano passado, são os  principais  orquestradores  e maestros da fracassada tentativa de seqüestro do PSOL, pela direita, em Minas Gerais.
Nomeado pelo Governador Anastásia, Jorge Periquito é, nada mais nada menos, que Presidente daUTRAMIG- Fundação de Educação para o Trabalho de Minas Gerais, vinculada ao Governo do Estado.  E Ilton Câmara, o fiel escudeiro, seu Chefe de Gabinete.
Avaliada a situação vivida pelo Partido no Estado. Percebendo-se de forma inequívoca que houve uma filiação em massa de ex-filiados do PRTB, uma verdadeira dissolução daquele Partido dentro do PSOL, no Estado, a Executiva Nacional do PSOL resolveu suspender todas as filiações identificadas como comprometidas com essa tentativa de seqüestro do PSOL mineiro, impedindo assim que a iniciativa urdida a partir de membros do Governo Anastásia, iniciativa que não tem outro propósito senão desfigurar o PSOL no Estado, lograsse êxito, colocando o Partido no mercado das legendas de aluguel, como tantas outras.
Assim, em defesa do PSOL, é importante que a Sociedade saiba e, como nos ensina André Gide, como as pessoas não prestam atenção, é sempre necessário que se repita. O Partido Socialismo e Liberdade não é lugar para políticos profissionais. Nossos sonhos não cabem nas urnas.
Para o bem do Partido, Jorge Periquito e Ilton Câmara não são filiados ao PSOL. Pois, como é de domínio público, eles não têm nada a ver com o Partido, pois não têm nenhum compromisso com socialismo, com a liberdade, com a ética e com moralidade pública. Não. Não são. Nunca foram.  E jamais serão um dos filiados do PSOL.
Publicado originalmente por Rudá Ricci
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: