PSDB cobra “taxa de retorno” de 25% sobre operações do Panamericano. Imagina se estivesse no Ministério do Esporte

O Estadão deste domingo relata que os executivos do banco Panamericano, antiga propriedade de Sílvio Santos, lutou para evitar a derrocada e para isso procurou políticos proeminentes.

O jornal teve acesso a e-mails da diretoria do banco que contam que o governador alagoano do PSDB, em 2006, fez a mala com o banco fraudulento e em troca cobrou 25% de todas as contas que o mesmo governo ajudou o banco a receber.

Chamada na capa? Destaque no site? Não…

Diga lá, você que acha que é preciso organizar marchas contra a corrupção: a Fifa é impoluta? E o PSDB?

Minha torcida pessoal é para que a presidenta Dilma não arrede pé de um mínimo de altivez em relação à Fifa, uma entidade que está acima do bem e do mal e do direito internacional (desculpem a rima pobre e involuntária) mesmo sem ter úm único representante canonizado pela igreja.

Publicado originalmente no blog do Artur Henrique

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: