Ponte pressiona até o final, empata com o Bragantino e se mantém na vice-liderança do Brasileiro

Renato Cajá marcou o gol de empate da Macaca, que está à 6 pontos do 5º colocado

 

 

Na noite dessa terça-feira (18) a Ponte Preta empatou o Bragantino, fora de casa,  pelo placar de 1 a 1. O gol da Ponte foi marcado Renato Cajá; e os donos da casa marcaram com Lincom. Com o resultado, a Macaca mantém a vice liderança da Série B, com 54 pontos, 6 pontos a mais do que o quinto colocado. A partida foi marcada pela pressão alvinegra em especial no segundo tempo, no qual houve reclamação sobre um gol de Wellington anulado de maneira duvidosa.

O próximo compromisso da equipe alvinegra será sexta-feira (21), às 20h30, contra o Paraná no estádio Majestoso. A partida será válida pela 32º rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2011. Os paranaenses ocupam a 10º posição, com 44 pontos.

 

O Jogo:

Os donos da casa foram ao ataque primeiro. Aos 2 minutos Esley cruzou da esquerda e Lincom cabeceou para a defesa de Júlio César. No lance seguinte, Ricardinho tentou de fora da área, mas mandou a bola por cima do gol. Aos 4, Caio lançou Renato Cajá, o goleiro Gilvan saiu do gol para dividir com o camisa 10 da Ponte e evitar a conclusão ao gol. Aos 5 minutos Ricardinho cruzou para João Paulo dentro da área, Diego Macedo chegou por trás e derrubou o lateral da Ponte, mas o árbitro mandou o lance seguir. Aos 13, João Paulo cruzou da esquerda e Gilvan se esticou para desviar a bola antes que ela chagasse até Caio.

Aos 15 minutos Diego Macedo arriscou de longe e mandou a bola para fora. Aos 22, o Bragantino chegou com velocidade pela esquerda, Léo Jaime cruzou para Lincom no meio da área desviar de letra para a boa defesa de Júlio César. Aos 29 minutos Romarinho cruzou para Lincom desviar na cara do gol, Patric salvou em cima da linha, mas a bola voltou nos pés de Lincom para o atacante chutar novamente, Patric ainda afastou, mas a bola já havia entrado. 1 a 0 para o Bragantino.

Aos 31, Caio chegou pela direita e tocou para trás, a bola passou por Ricardo Jesus e chegou em Renato Cajá, o camisa 10 chutou forte, mas mandou por cima do gol. Aos 39 minutos o zagueiro Wescley torceu o tornozelo esquerdo e teve que ser substituído por Welington. Aos 41, Diego Macedo chutou de fora da área e mandou à esquerda do gol da Ponte. Sem mais lances de perigo, o primeiro tempo foi encerrado após 2 minutos de acréscimos.

Na volta do intervalo foi a Ponte quem atacou primeiro. Aos 3 minutos Ricardinho chutou da entrada da área e mandou por cima do gol. Aos 11, Renato Cajá passou pela marcação no meio campo e tocou para Ricardo Jesus, o artilheiro dominou e lançou de volta para Renato Cajá, o camisa 10 entrou na área e chutou na saída do goleiro para empatar o jogo. 1 a 1 no placar, o 5º gol de Renato Cajá na Série B.

Logo em seguida, o técnico Gilson Kleina fez a segunda alteração na Ponte, Renatinho entrou no lugar de Caio. Aos 12, João Paulo Silva cobrou falta na área e Ferron subiu para cabecear por cima do travessão. Um minuto depois a Ponte fez a última alteração, Renato Cajá sentiu dores e saiu para a entrada de Gérson. Aos 20 minutos Ricardo Jesus cruzou da esquerda, o goleiro Gilvan saiu para cortar o cruzamento, a bola desviou no zagueiro Luís Carlos e quase entrou no gol. Dois minutos depois, Renatinho arriscou da entrada da área, mas mandou por cima.

Aos 23, João Paulo Silva cobrou falta com veneno e Gilvan fez uma grande defesa para evitar a virada da Ponte. Aos 29 minutos Ricardinho chutou de fora da área e acertou o travessão, no rebote, Ricardo Jesus chutou para a defesa de Gilvan. Aos 32, Luis arriscou de fora da área, mas pegou mal na bola e Júlio César agarrou tranquilo. Dois minutos depois, Ricardinho carregou pela esquerda, cortou o zagueiro e chutou de pé direito para fora. Aos 37 minutos Ricardinho tocou para Renatinho na área, mas Gilvan saiu do gol para pegar a bola antes do jogador da Macaca.

Aos 41 minutos Ricardo Jesus tocou para João Paulo Silva chutar em cima do zagueiro e ganhar escanteio. Na cobrança do escanteio, Ferron cabeceou na trave, no rebote Welington mandou para dentro, mas o juiz marcou posição irregular e o árbitro anulou o gol. Um minuto depois, Ricardinho tentou da entrada da área e Gilvan fez uma grande defesa. Aos 43, Renatinho levou a bola até a área e chuta no canto, mas o goleiro do Bragantino faz mais uma boa defesa. Sem mais lances de perigo, o jogo foi encerrado após 4 minutos de acréscimos. 1 a 1 em Bragança Paulista.

Ficha Técnica:
Ponte Preta: Júlio César; Patric, Wescley (Welington), Ferron e João Paulo; Guilherme, João Paulo Silva, Caio (Renatinho) e Renato Cajá (Gérson), Ricardinho e Ricardo Jesus. Técnico: Gilson Kleina.
 
Bragantino: Gilvan; Junior Lopes, André Astorga e Luís Carlos (Luis); Diego Macedo, Felipe, Esley (Diego), Marcinho e Léo Jaime; Romarinho (Dayvid Sacconi) e Lincom. Técnico: Marcelo Veiga.
Data: 18/10/2011, terça-feira – 20h30.
Local: estádio Nabi Abi Chedi, em Bragança Paulista–SP.
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima.
Assistentes: Anderson J. Moraes Coelho e Fabrício Porfírio de Moura.
Cartões Amarelos: Ferron, Caio e Gérson (Ponte Preta); Marcinho, Esley e Diego Macedo (Bragantino).
Gols: Renato Cajá (Ponte Preta); Lincom (Bragantino).
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: