Ex-senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) denuncia ameaça, @blogdoNoblat publica e é contestado por @BetoMafra.

Ontem acompanhamos o “desabafo” da ex-senadora no twitter, hoje publicado pelo Noblat. O respeitadíssimo blogueiro Beto Mafra, do http://www.bocadigital.net/ contesta a informação conforme pode ser visto na reprodução de seu TT hoje à tarde. Vamos acompanhar atentos… 

@BetoMafra
Beto Mafra
Mentira! Há quem fez solicitação mas depente de instâncias do partido. RT @BlogdoNoblat: …ameaçada de expulsão

Creio que não é “ameaça” mas uma disputa interna que vazou, né? RT @juanpessoa: RT @congemfoco: Ex-senadora Se… (cont) http://deck.ly/~SURMw

Ex-senadora do PT ameaçada de expulsão

Depois de 23 anos de militância, de três mandatos consecutivos de deputada estadual e um de senadora, Serys Slhessarenko (PT-MT) denunciou no seu twitter que está ameaçada de expulsão do partido.

Em maio do ano passado, Serys perdeu para o deputado Carlos Abicalil  o direito de ser candidata à reeleição. Na ocasião, em discurso no Senado, chamou o PT de partido “desleal”.

Abicali perdeu a eleição. Havia duas vagas de senador. Ele foi o terceiro mais votado. Como prêmio de consolação, no último dia 2 foi nomeado secretário de Educação Especial do Ministério da Educação.

Serys foi candidata a deputada federal. Perdeu. De “prêmio”, pode acabar expulsa.

– Não sei o que alegam para me expulsar – disse Serys ao blog há pouco.

Abicali controla o Diretório Regional do PT no Mato Grosso. Que ontem recebeu o pedido de expulsão de Serys.

O desabafo da ex-senadora postado no seu twitter:

* Olá amig@s, estou afastada porque tô muito enrolada com a mudança, colocando tudo em ordem, mas não poderia deixar de desabafar…

* Já não bastava terem me tirado o direito de ser candidata à reeleição, ter sido apunhalada pelas costas, terem me traído…

* Agora querem me expulsar do partido que ajudei a construir, que ajudei a tornar um partido importante e respeitado em [Mato Grosso].

* O PT é o meu partido, é a minha história.

* Estou chocada… O PT é destruído, encolhe, por uma direção ditatorial e despótica e eu que sou a infiel. O interesse partidário é abandonado.

* Nunca usei, nem usarei o partido para satisfazer interesses pessoais… O Partido é maior, é o PARTIDO DOS TRABALHADORES…. Alguns esquecem.

* Estou decepcionada… Desculpem o desabafo, mas ver um grupelho, uma facção querendo tomar o partido à força, não dá. PT é democrático.

* Só me contaram do processo, não sei quem assinou. Para falar a verdade não me interessa, são pessoas que reduzem o partido.

* O PT precisa sair desta situação. Em 1990, quando assumi como deputada, ser petista era ser um bicho esquisito, torciam o nariz para nós.

* Mas aguentei firme, lutei por estabelecer o partido, compor seus quadros, juntos com companheiros e companheiras que só pensavam no partido.

* Pensavam em tornar o partido em uma trincheira na batalha pela justiça social, em defesa dos trabalhadores, dos mais pobres, dos excluídos.

* É dolorido ver o partido sendo utilizado como trampolim, como um instrumento de prática da vaidade e do egocentrismo.

* Infelizmente já posso dizer que estou ficando acostumada com a atitude destes “companheiros e companheiras.

* Tenho orgulho da militância petista, da história petista, de termos conseguido nos tornar um partido forte.

* O PT é um partido honrado, com um programa sério e que chega aos 31 anos mais forte que nunca. Iinfelizmente alguns cresceram o olho.

* O que ocorre comigo não é partidário, é humano, é a busca do poder pelo poder, e isso não é partido que promove, é o próprio ser humano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: