Estadão” inova com o empate que vale 3 pontos #PIG

publicada segunda-feira, 02/08/2010 às 13:49 e atualizada segunda-feira, 02/08/2010 às 15:05 

Dilma dispara em Minas, e o “Estadão” inova com o empate que vale 3 pontos 

Duas notícias interessantes ganharam destaque no blog do Nassif. São fruto do trabalho colaborativo dos leitores de Nassif. Como lá no blog dele as notícias giram muito rápido, e algumas acabam por ficar “escondidas”, reproduzo aqui as notas: 

Dilma dispara em Minas (na última pesquisa do IBOPE, Dilma chega a 44% contra 32% de Serra, isso na terra de Aécio); a nota é de Gunter Zibell; 

– “Estadão”, o empate é nosso (jornal paulista diz que PSDB lidera disputa estadual em 5 Estados, e põe nessa conta AP e RR onde o candidato tucano está numericamente atrás ou empatado com adversário); a nota é de Luiz Eduardo Brandão. 

O glorioso Caixa D’Água iria adorar essa história de empate que vale três pontos 

Essa última mostra o nível a que vão descendo os jornais da velha mídia. Depois de dar-se ao trabalho de desmentir uma brincadeira do “Cloaca News”, sobre o Ministério do Acarajé, o “Estadão” agora inventa o “empate vitorioso”. Ah, se o glorioso Caixa D’Água* estivese vivo: o Americano de Campos ia computar 3 pontos nos empates… 

Confiram o texto no blog do Nassif: 

Por Luiz Eduardo Brandão 

O Estadão deu outra de Datafolha. Para encher a bola dos tucanos, traz uma matéria de mais de meia página, com mapa e tudo, sobre as eleições para governador, com o título: PSDB lidera 5 disputas para governador. A matéria se baseia na recente pesquisa Ibope/rede Globo/Estadão, que não abrange todos os Estados. 

Aí, o leitor que vai além do título entra na matéria e descobre que, na realidade, o PSDB só lidera em 2 estados: SP e Rondônia, onde o tucano Expedito Jr está na frente do candidato do PMDB (26% a 21%). Em Roraima está na frente empatado empatado: 41 x 41%. Nos outros dois, está empatado atrás, inaugurando uma nova modalidade de colocação olímpica: o segundo que é primeiro. No  Amapá, o candidato tucano está na frente com 24% contra 25% do candidato petebista. Em Roraima o tucano lidera ainda mais atrás: tem 40% contra 43% do peemedebista. 

Se o Estadão tivesse um caderno de humorismo, a matéria estaria impecável lá. 

  

http://digital.estadao.com.br/download/pdf/2010/08/02/A6.pdf 

*Pra quem não se lembra, ou nunca ouviu falar, o Caixa D’Água (Eduardo Viana) era dirigente de futebol no Rio; foi presidente da Federação Estadual, e torcia desbragadamente pelo Americamo de Campos. Não era muito ortodoxo em seus métodos, bom parceiro de Eurico Miranda, gostava de um tapetão, de ganhar nos bastidores. O Caixa D’Água ia adorar essa idéia do “Estadão”: empate, pra nós, vale três pontos.

E segue o jogo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: